Morre David Jones, dos Monkees

Segundo o site TMZ – o mesmo que noticiou em primeira mão as mortes de Michael Jackson e Whitney Houston – anunciou esta manhã que o cantor David Jones, dos Monkees, morreu em decorrência de um ataque cardíaco. Jones, que tinha 66 anos, entrou para o grupo em 1965 e, junto com Micky Dolenz, Michael Nesmith e Peter Tork, foram protagonistas de uma ótima série de TV e tiveram alguns grandes sucessos durante o tempo no qual ela esteve no ar.

Jones fez sua última apresentação no dia 19 de fevereiro, em Oklahoma.

R.I.P

Anúncios

Mico histórico: ‘Carta de amor’ vai parar no Diário da Justiça do Trabalho da Paraíba

Alguns anos atrás um comentário sobre uma ‘matéria de punheta’ que estava sendo feita por dois repórteres entrou na versão online de um grande jornal do Nordeste, no meio de um texto sobre economia. Ontem, essa outra pérola foi parar no Diário da Justiça do Trabalho da Paraíba.

Gente, cuidado com o copy and paste!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Entenda o mole:

Uma carta de amor foi parar no Diário Oficial do Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região, que tem sua sede localizada na Paraíba. A edição do último dia 16 de fevereiro trouxe no lugar em que deveria constar o resultado de um processo a inusitada publicação que conta em detalhes o término do relacionamento de um casal.

Em nota enviada à imprensa, o presidente do Tribunal Regional do Trabalho, desembargador Paulo Maia Filho, informou a abertura de processo administrativo disciplinar para a apuração da ocorrência pela Comissão Permanente de Processo Administrativo Disciplinar do TRT.

Informou também que a servidora que assina a publicação pediu exoneração do cargo em comissão que exercia e que o pedido foi atendido pela presidência. A edição do Diário Oficial com a publicação amorosa continua disponível no site do TRT.

A nota da assessoria frisa ainda que o teor da carta não revela a prática de nenhum ilícito, nem causou prejuízo às partes do processo, apenas fatos da vida pessoal da servidora, que não tem em seu histórico funcional nada que macule sua dignidade.

A carta relata o fim de um relacionamento provocado pela entrada de uma terceira pessoa. A mulher, que assina, se queixa do seu amante, relembra momentos vividos com ele e até revela que vai devolver um iphone que ganhou de presente.

A mulher não aceitou que o homem se envolvesse com uma outra mulher. Ela diz que já tinha aceitado ser amante dele em outra situação, mas não aceitaria o novo caso porque a da vez seria alguém próxima a ela. A autora, inclusive, diz que o ‘amante’ propôs ter as duas ao mesmo tempo.

“Sempre soube que não havia um compromisso entre nós e sou romântica e idealista mesmo e esse lado bem cru e realista da vida me deixa perplexa”, diz a mulher insatisfeita em um dos últimos trechos.

Fonte: G1

Uma em cada dez pessoas já fez sexo no trabalho, diz pesquisa

Tara e tesão são coisas difícies de controlar. E, pelo que parece, os americanos não fazem parte do grupo que consegue segurar seus impulsos. Mas…será que o brasileiro se controla ou apenas não fizeram uma pesquisa dessas por aqui?

E ainda: 22% dos entrevistados disseram que nunca fizeram, mas já pensaram em colocar esta ideia em prática

Quando estiver no seu escritório, dê uma olhadinha em volta e imagine: uma em cada dez pessoas já fez sexo no local de trabalho. Pelo menos é o que diz a pesquisa divulgada pelo site de empregos norte-americano Glassdoor.

Mais de mil usuários do site responderam um questionário sobre amor e relacionamentos no ambiente de trabalho, e contaram sobre suas experiências. O resultado: 12%, ou seja, uma em cada dez pessoas, já fizeram sexo no escritório. E 88% das pessoas nunca fizeram, mas 22% já pensaram em colocar esta ideia em prática.

Vale lembrar que romances entre colegas de trabalho não são raros. Das mais de mil pessoas que responderam a pesquisa, 37% já se envolveram com algum colega. E a maior parte dos participantes, 51%, acha que não há problema nesse tipo de envolvimento.

Mas para um relacionamento entre colegas de trabalho dar certo, é bom prestar atenção em certas regras de comportamento. E antes de se animar demais dentro do escritório e fazer sexo em cima da mesa, lembre-se do bom e velho ditado: “onde se ganha o pão, não se come a carne”. Ainda mais em tempos em que tudo é vigiado por câmeras de segurança.

Fonte: IG

Um Oscar sem surpresas e cheio de novidades

A festa da entrega do Oscar 2012 84ª edição do prêmio – foi uma das mais agradáveis dos últimos anos e manteve a tradição em vários momentos da festa. Desde algumas piadas totalmente sem graça de Billy Crystal até o não comparecimento de Woody Allen para receber mais uma estatueta. Entretanto, também foi uma noite cheia de novidades, como a premiação de Meryl Streep – recordista de indicações e de derrotas -, a escolha de melhor filme, ator e diretor para os representantes de O Artista e até algumas ótimas tiradas do apresentador Billy Crystal, sem contar a supressão dos números musicais e o comportamento de quase todos os vencedores, que, com pouquíssimas exceções estouraram seus tempos de agradecimento.

Até não foi surpresa que A Descoberta de Hugo Cabret, filme de Martin Scorsese, ficasse apenas com prêmios técnicos – foram 5 -, enquanto O Artista ficou com as estatuetas de maior peso. Também foram ótimas as escolhas de melhor ator e atriz coadjuvante – Octavia Spencer, de Histórias Cruzadas, e que protagonizou o momento mais genuinamente emocionante da noite; e o veterano Christopher Plummer, de Toda forma de amor.

Plummer, aliás, fazia parte daquele grupo de atores aos qual a Academia devia. Ele, Nick Nolte e Gary Oldman, só para citar alguns presentes ao Hollywood & Highland Center (antes chamado de Hollywood’s Kodak Theatre). É inacreditável a quantidade de bons atores que são sempre relegados pelos membros da Academia.

Já em relação aos prêmios de melhor ator e atriz foram menos emocionantes, apesar do discurso de Maryl Streep, que disse imaginar que o público fosse se decepcionar dizendo algo do tipo: “ela de novo?“. Se enganou, Maryl, sua escolha foi uma das mais aplaudidas da noite (todos de pé) e vai deixar você na história não só como recordista de indicações (e derrotas), como no hall das grandes ganhadoras.

O show foi agradável e nem pareceu durar as 3h30 que foram gastas. Parece que finalmente chegaram a um acordo sobre o formato tanto do Grammy quanto do Oscar, para a nossa felicidade – os espectadores. Até mesmo a apresentação – com alguns erros – do Cirque du Soleil foi bem colocada.

Por fim, o ponto alto da noite: A vitória de Bret McKenzie e sua canção Man or Muppet, dos Muppets. Não seria justo esperar todos esses anos, concorrer com Fernanda Montenegro e alguns bons filmes, para que o país tivesse seu primeiro Oscar por meio de Carlinhos Brown e Sérgio Mendes, dois artistas que em nada representam a música brasileira, apesar das boas parcerias de Brown com Marisa Monte.

Enfim, uma noite em que tudo funcionou.

Programa do IR não poderá ser baixado em tablets e smartphones

Segundo o Fisco, há diferenças nos ‘drives’ em relação aos computadores.

O programa do Imposto de Renda 2012, ano-base 2011, que foi disponibilizado nesta sexta-feira (24) a partir das 8h, por meio da página da Receita Federal na Internet, não poderá ser baixado em “tablets” ou “smartphones”, segundo informou o Fisco.

A Receita Federal explicou que há, nestes aparelhos, diferenças nos “drives”, o que demandaria ajustes no programa do IR para que o “download” fosse possível em “tablets” e em “smartphones”. “Se for viável, vamos fazer isso em um momento futuro”, disse Zayda Manatta, secretária-adjunta do órgão.

O Fisco também informou que ainda está avaliando se valeria a pena utilizar recursos do contribuinte para fazer alterações no programa do IR para que ele seja, nos próximos anos, compatível com “tablets” e “smartphones”.

“A gente ainda têm dúvidas sobre a utilidade disto. O programa do IR é usado uma vez por ano. A gente está em processo de avaliação”, informou o supervisor nacional do Imposto de Renda da Receita Federal, Joaquim Adir.

Regras do IR

Apesar de o programa do IR estar disponível para “download” na página do Fisco a partir desta sexta-feira, a entrega formal da declaração do IR de 2012 começa somente no dia 1º de março, quinta-feira da próxima semana, a partir também das 8h.

A declaração poderá ser enviada pela Internet, por meio da utilização do programa de transmissão da Receita Federal (Receitanet), ou via disquete, nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal, durante o seu horário de expediente. A entrega do documento, via formulário, foi extinta em 2010.

A expectativa do Fisco é de receber cerca de 25 milhões de documentos neste ano, volume acima dos 24,37 milhões de declarações recebidas em 2011. Estão obrigadas a apresentar a declaração as pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 23.499,15 em 2011 (ano-base para a declaração do IR de 2012).

Fonte: G1

PayPal tem novo rival na corrida dos pagamentos offline

O PayPal, serviço de pagamentos online controlado pelo eBay, acaba de encontrar novo rival em sua corrida para desenvolver um sistema de pagamento móvel que possa ser usado em lojas físicas.

A Boku, uma grande companhia de pagamentos móveis online que conta com investimentos de grupos de capital para empreendimentos como a Andreessen Horowitz e a Benchmark Capital, revelou na quinta-feira um novo serviço que permite que pessoas realizem pagamentos com seus celulares em quaisquer estabelecimentos que aceitem cartões de crédito.

Fonte: UOL

A Boku já oferece um serviço de cobrança em conta telefônica via 230 operadoras de telefonia móvel, entre as quais AT&T, Vodafone Group e Verizon Communications, em mais de 60 países. O serviço permite que as pessoas paguem usando seus números de celular e inclui os valores debitados em suas contas mensais de telefonia móvel.

A cobrança via operadora normalmente fica limitada a compras online de baixo valor, seja via computador pessoal ou por meio de aplicativos móveis.

A nova plataforma da Boku, conhecida como Boku Accounts, permite compras em lojas físicas, um mercado muito maior. O serviço será oferecido aos assinantes por suas operadoras, com suas marcas, e a Boku operará o sistema primário.

O lançamento faz da Boku concorrente direta do PayPal, que está promovendo o uso de seu popular serviço online de pagamentos em lojas físicas. O Google também está tentando introduzir seu serviço Google Wallet em lojas, por meio de parcerias com gigantes como MasterCard e Citigroup.

O sistema de pagamento em loja da PayPal funciona nos terminais existentes de ponto de venda do varejo, mas torna necessária uma atualização de software. O Google Wallet funciona com celulares que disponham de chips Near-Field Communication (NFC) e para lojas que usem terminais que operem com essa tecnologia.

O serviço da Boku inclui uma etiqueta que os usuários podem colar aos seus celulares e faz de qualquer aparelho um celular NFC. Também inclui um cartão de débito que pode ser lido nos terminais existentes do varejo, sem atualização de software, de acordo com a companhia.

“Queremos tornar o sistema disponível em qualquer loja”, disse Ron Hirson, co-fundador da Boku. “Não é preciso um celular novo ou um terminal novo”.

As canções do CD exclusivo do U2 para os fãs

Já citei aqui que o U2 preparava um presentinho para os fãs que se filiaram ao seu site oficial. Ele será um CD duplo com 22 músicas gravadas durante a turnê 360º. Para isso, a banda selecionou 40 números e pediu que os próprios fãs escolhessem os que deveriam fazer parte do U22.

Bem, das minhas 22 escolhas, 16 estarão no line up final do disco. Nada mal.

Abaixo, a lista das canções por ordem de número de votos recebidos.

1. Bad
2. Where The Streets Have No  Name
3. Magnificent
4. One
5. Ultraviolet
6. Even Better than The Real Thing
7. With or Without You
8. Beautiful Day
9. City of Blinding Lights
10. The Unforgettable Fire
11. I Still Haven’t Found What I’m Looking For
12. All I Want is You/Love Rescue Me
13. Moment of Surrender
14. Until The End of the World
15. The Fly
16. One Tree Hill
17. Stay (Faraway, So Close)
18. Walk On
19. Zooropa
20. Elevation
21. Out of Control
22. Mysterious Ways

Vasco derruba escrita e consagra dois ídolos

O Vasco comprovou que a boa fase iniciada ano passado com a conquista da Copa do Brasil e o segundo lugar no Campeonato Brasileiro não foi um acaso. Com uma equipe longe de ser brilhante, mas muito bem treinada e com os veteranos Juninho e Felipe comandando a nau vascaína, o time bateu seu arqui rival, quebrou uma escrita de derrotas em jogos decisivos e consagrou dois novos ídolos, que já rivalizam com Dedé no coração da torcida: Felipe (o goleiro) e Deivid.

Os gritos de “é seleção” ouvidos no Engenhão precisam ser considerados pelo técnico Mano Menezes.

Gastronomia – Temperos: da vovó até os netos, a diferença está neles

Cozinhar é uma ciência que pode se transformar em um prazer, mas também em um tormento. Quem gosta de cozinhar sabe que é quase impossível de reproduzir aquele tempero feito pelas avós, seja para um feijão ou algum prato mais complexo. A razão: o tempero.

Pode parecer um detalhe insignificante, mas assim como ter uma faca afiada, ter temperos – sejam eles pós, ervas ou grãos – a disposição faz toda a diferença na hora de preparar uma boa refeição.

O tempero perfeito é um conceito extremamente pessoal, mas que pode ser apurado e aperfeiçoado com a prática. Também dizem que mesmo na Grécia, Roma e Egito, as ervas e especiarias já faziam parte da alimentação e tinham valor de preciosidade devido ao seu poder medicinal e terapêutico.

Oriundas do Oriente, as especiarias eram tão caras na Idade Média que chegavam ser deixadas como herança! Sendo assim, o advento dos porta temperos – algo recente na história desse dublê de cozinheiro – é um momento que merece comemoração, principalmente por parte de quem experimenta minhas invenções.

Cominho, noz moscada, orégano, curry, alecrim, alho, pimentas, são todos ingredientes indispensáveis e que devem ser usados com bom senso, embora, como uma grande amiga sempre diz: “bom senso e bunda, cada um tem a sua”.

Cuidado na hora de comprar remédios: os preços estão loucos

Nesta semana confirmei a loucura na qual se transformou a compra de remédios. Fazendo uma pesquisa na internet, descobri preços com variações de mais de 50%! Agora, leio uma matéria da Tribuna de Petrópolis que confirma a minha descoberta.

Será que existe uma explicação minimamente plausível para essas diferenças absurdas? A única conclusão definitiva é de que os preços na internet foram quase sempre mais baratos que nas lojas convencionais. Só é preciso tomar cuidado com o valor do frete.

Versão de testes do Windows 8 será lançada no dia 29 de fevereiro

Ainda lembro dos primeiros estes com o Windows 98, apelidado de Alien, já que só conseguia ser desinstalado se o computador fosse formatado. Depois foram sendo lançados mais e mais versões com mais ou menos sucesso. Agora, chegamos perto da data de mais um lançamento.

Calafrios!

Versão de testes do Windows 8 será lançada no dia 29 de fevereiro

A Microsoft confirmou que a versão de testes do sistema operacional Windows 8 para o consumidor final será lançada no dia 29 de fevereiro e será chamada de “Consumer Preview”.

O anúncio foi feito na quarta-feira (8) em convite para o evento da companhia que ocorrerá durante a feira Mobile World Congress, que acontece entre os dias 27 de fevereiro e 1º de março em Barcelona, na Espanha.

A empresa já tinha liberado uma versão do Windows 8 para desenvolvedores em 2011 (clique aqui para baixar) e, agora, terá uma versão preparada para atender o público em geral que está curioso para testar as novidades do sistema operacional, que ainda não tem data oficial de lançamento.

Foco em tablets

A grande novidade do Windows 8 é uma interface chamada de “Metro”, que dispõe todos os programas do usuário em blocos. Desse modo, a navegação é muito mais natural com a ponta dos dedos em dispositivos com tela sensível ao toque do que com o tradicional mouse. O recurso visual é a tentativa da Microsoft de unir todos os aparelhos. Do videogame Xbox 360 aos celulares Windows Phone 7, todos apresentam menus com o visual Metro.

Fonte: G1

House é cancelado

É, vai acabar. O seriado que nos trouxe o médico mais brilhante, rabugento e mal-humorado de todos os tempos acaba ao fim desta oitava temporada. Parece que, ao contrário do que aconteceu com CSI, os produtores e roteiristas de House não conseguiram encontrar uma saída para as mudanças necessárias após muitas temporadas. O romance de House e Cuddy e a saída da personagem do seriado foram mortais para a sua audiência (que ainda é muito boa, mas já está longe de ser o líder absoluto que já foi).

Há a promessa de que vai haver um fim coerente para a história e é uma pena que provavelmente não tenhamos a volta de alguns personagens que foram importantes para o sucesso do show.

O F(r)ases da Vida fica um pouco órfão, já que várias frases do médico foram usadas por aqui, mas fará o possível para que o seu legado jamais seja esquecido.

Foi difícil acreditar e digerir a notícia, o que provavelmente fará esse post ter pouquíssimos acessos, mas…. é bom poder escrever sobre o que queremos, não é mesmo?

Fim do R7 e da Record News?

Após um ano de liberdade, ontem (17 de fevereiro) circulou a notícia de que a Record iria descontinuar dois de seus produtos: a Record News e o R7. Os boatos sobre a Record News já são antigos e a possível decisão sobre o R7 bastante plausível, por conta dos rumos que foram escolhidos pelos gestores do projeto.

Tanto o hardnews quanto as sessões mais light se perdem em apurações mal feitas, pautas estapafúrdias, ideias sem sentido, além claro, de edições sofríveis (ache, por exemplo, uma notícia sobre música – que não seja fofoca – na sessão correspondente).

Muitos profissionais poderão perder seus empregos e terão muitas dificuldades em se reposicionar, levando em consideração os salários pagos pela Record e a qualidade das pessoas que os recebem.

Abaixo segue a íntegra da notícia publicada no Adnews. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos!

Ah, a empresa do Bispo Macedo negou o fato.

Record News e R7 serão encerrados
17 de fevereiro de 2012 · 10h03

O martelo foi batido: a Record News será descontinuada e, junto com ela, vai também o R7. A notícia já circula entre funcionários da Record e foi oficializada à alta cúpula do grupo. A decisão partiu diretamente dos donos.

Segundo informações apuradas pela reportagem do Adnews, os dois produtos não conseguem justificar os investimentos, por isso serão encerrados. O grupo, no entanto, nega, diz que “continua normalmente a programação da Record News e o R7, também”.

A Record News foi lançada em 27 de setembro de 2007, mas em quatro anos de atividades não conseguiu alavancar na audiência, o que consequentemente a transformou em fracasso comercial.

Em janeiro, já havia circulado a informação de que a emissora sairia do ar no dia 31 daquele mês, mas o grupo desmentiu dizendo que “alcança resultados satisfatórios em faturamento e audiência” com o produto e garantiu sua permanência pelo menos até julho, quando terá uma cobertura especial durante os Jogos Olímpicos de Londres.

Já o R7 apareceu também em um 27 de setembro, mas dois anos depois. O portal nasceu com um time de 160 jornalistas e hoje conta com 300; no total, mais de 500 pessoas trabalham para o R7. Ainda não se sabe como a Record tratará a internet. O mais provável é que entre no lugar do R7 um site institucional.

Entenda

Os planos da Record para o segmento “all news” não deram certo. Em fevereiro de 2011, mais de três anos depois do lançamento do Record News, o grupo tirou da CBN o jornalista Heródoto Barbeiro para empreender um novo projeto.

Além de âncora na TV, Barbeiro comandaria uma rede nacional de rádios que surgiria com a criação da Rádio Record News. Chegou-se inclusive a se especular que havia conversas com a Rede Transamérica para viabilizar a ideia. Mas acabou por naufragar a tentativa de Edir Macedo de bater de frente com as grandes que só transmitem notícias no rádio.

Por Leonardo Pereira e Marcelo Gripa

Matéria originalmente publicada no Adnews

Adobe confirma que o Chrome não suportará Flash no Android

Parece que nem tudo vai funcionar tranquilamente no mundo da informática. Briga de patentes e desenvolvimento de novas tecnologias são coisas que não deveriam prejudicar os usuários. Mas….

Adobe confirma que o Chrome não suportará Flash no Android

Não deveria ser nenhuma surpresa. Em novembro passado, a Adobe anunciou que estava abandonando o desenvolvimento do Flash para navegadores móveis. Portanto, o Google perdeu o barco do suporte ao Flash.

“A Adobe não está mais desenvolvendo o Flash Player para navegadores móveis, e, assim, o Chrome para Android, já na versão beta, não suporta conteúdo em Flash”, disse Bill Howard, gerente de produto Flash, em um blog Adobe, no dia 7 de janeiro.

Os primeiros hands-on do Chrome para Android já observavam que o novo navegador não suportava Flash.

A Adobe explicou que sua decisão de parar de desenvolver o Flash Player para navegadores móveis está relacionada à necessidade de transferir recursos para as equipes que trabalham em HTML5, padrão ainda em desenvolvimento, que acabará por substituir muitas das funções que o Flash tem oferecido.

“Vamos continuar a aproveitar nossa experiência com Flash para acelerar nosso trabalho com a W3C e a WebKit e levar recursos semelhantes ao HTML5 o mais rápido possível”, Danny Winokur, executivo da Adobe responsável pelo desenvolvimento interativo. “E vamos criar novas funcionalidades do Flash para uma transição suave para HTML5 enquanto as normas evoluem.”

Com o plano da Google de substituir o navegador do Android pelo Chrome, no longo prazo, o Flash deixará de ser suportado pela maioria dos smartphones. De acordo com a empresa de pesquisas do NPD Group, os sistemas iOS, da Apple e,o Android, da Google, rodam em mais de 90% de todos os smartphones comprados nos EUA durante os últimos três meses de 2011.

Especialistas esperam que o Flash Player no desktop também vá desaparecer ao longo do tempo com o aumento do suporte para HTML5 em browsers e sites. A Microsoft, por exemplo, já disse que vai bloquear a instalação do plug-in Flash Player no Internet Explorer 10 (IE10) que rodará no Windows 8.

Mas a Adobe ainda não jogou a toalha.

No início desta semana a empresa lançou uma versão beta de um plug-in do Flash Player seguro para a versão Windows do Mozilla Firefox – após um movimento semelhante em 2010 para o Chrome – e disse que seu próximo alvo é reforçar a segurança do Flash no Internet Explorer.

Em tempo: o Chrome para Android requer o Android 4.0 ou posterior, ou o “Ice Cream Sandwich”, e pode ser baixado no Android Market.

Ao meio-dia da quarta-feira, 8/1, o Chrome para Android estava entre os 200 aplicativo gratuitos mais baixados na lista do Android Market. O mercado também observou que o navegador beta tinha sido instalado em cerca de 500 mil dispositivos desde ontem.

Fonte: IDG Now!

Receita: Palmito assado com manteiga e ervas finas

Os poucos leitores corajosos que acompanham o blog sabem da minha paixão por palmitos. Eles já foram tema de alguns posts (leia aqui e aqui) e são ingredientes usados sempre que possível nas refeições que preparo. Hoje, posto a minha receita de palmito assado com manteiga e ervas finas, que em nada fica a dever aos Ottos do mundo. Essa receita fica ótima como acompanhamento para massas com molho de tomate, carnes de caça ou porco. Combina muito bem com arroz branco.

Ingredientes:

400g de palmito in natura sem casca (pode ser de pupunha)
250g a 300g de manteiga com sal
Ervas finas e outros temperos (a gosto)
Sal
Vinagre Balsâmico
Papel alumínio (versão 1 da receita)

Modo de preparar (Versão 1):

Caso os palmitos sejam grandes, coloque um pouco de manteiga neles e envolva individualmente em um papel laminado. Então, leve-os ao forno médio por cerca de 1 hora. Enquanto isso, prepare o molho, usando o resto da manteiga, as ervas finas, o sal e uma pitada pequena do vinagre balsâmico. Quando completar 1 hora, retire-os do forno, corte-os ao meio e leve novamente ao forno, regando com o molho de manteiga e ervas. Deixe mais uns 15 minutos e sirva em seguida.

Modo de preparar (versão 2):

Caso os palmitos sejam pequenos, não é necessário o papel alumínio. Apenas unte uma forma de alumínio e leve ao forno por um pouco menos de 1 hora (verificando de tempos em tempos se já estão macios). Depois disso, corte corte-os ao meio e leve novamente ao forno, regando com o molho de manteiga e ervas. Deixe mais uns 15 minutos e sirva em seguida.

Essa quantidade deve servir 3 pessoas ou 2 amantes dos palmitos.

Obs: Há como usar palmitos com casca (caso você tenha um forno grande o suficiente) ou até mesmo recheá-los com patê ou ricota e presunto (caso sejam grandes o suficiente). Em ambos os casos é aconselhável balancear a quantidade de ervas finas para que o prato não fique com um sabor muito forte, tirando a suavidade do palmito.

Pode-se usar outros temperos (orégano, manjerona ou alecrim, por exemplo), mas é bom não abusar na mistura de sabores.

Aviso também que quanto maiores os palmitos mais sal pode ser usado no molho de manteiga.

Espero que gostem.

As fotos não são de divulgação. Foram péssimamente tiradas por mim!

Michael Jordan, feliz aniversário

Michael Jordan, o maior jogador de basquete de todos os tempos, completa hoje (17 de fevereiro de 2012) 49 anos. Somente quem pôde vê-lo jogar tem alguma noção do que esse cara era capaz de fazer. O vídeo abaixo é uma pequena mostra do talento do MJ totalmente negro.

Os melhores guitarristas do mundo segundo a Rolling Stone

Finalmente sai no Brasil a edição da Rolling Stone com a lista dos 100 maiores guitarrstas da história. Por conta disso, três capas diferentes foram produzidas. Apesar de toda eleição desse tipo causar polêmica, vale a pena dar uma conferida.

Veja a lista dos dez primeiros colocados:

1º Jimi Hendrix
2º Eric Clapton
3º Jimmy Page
4º Keith Richards
5º Jeff Beck
6º B.B.King
7º Chuck Berry
8º Eddie Van Halen
9º Duane Allman
10º Pete Townshend

Kisses on the Bottom leva Paul McCartney para a parte de cima das paradas musicais

Pelo jeito Kisses on the Bottom vai mesmo se transformar em um dos grandes sucessos da carreira solo de Paul McCartney. Elogiado pela grande maioria da crítica (leia minhas considerações aqui), o disco debutou na parada inglesa em 3º lugar (o melhor desempenho de um disco de Macca desde Flaming Pie, em 1997), na Noruega emplacou o 5º lugar e nos Estados Unidos entrou na lista da Billboard no número 5.

Ainda não há números consolidados no Brasil, mas, segundo a Universal, as vendas foram muito boas.

Update (17/02/2012): Kisses on the Bottom foi para o 1º lugar na parada de jazz da Billboard!

Calculando o preço dos vinhos

Saber quais os fatores que fazem um vinhos custar caro ou barato é uma das coisas mais misteriosas do mercado. Poucos são os empresários ou consumidores/apreciadores que sabem explicar essa equação de maneira minimamente coerente. Faz algum tempo encontrei a imagem abaixo, que acho que pode nos dar alguma luz sobre o assunto.

Céu lança novo CD onde confirma seu talento pop

Caravana Sereia Bloom (Universal), terceiro álbum da cantora e compositora paulista Céu, leva os ouvintes a percorrerem com ela alguns novos caminhos, sem perder de vista o som produzido em trabalhos anteriores.

Com toques pop que em alguns momentos lembra a fase jovem guarda de Roberto Carlos, como na faixa de abertura, Falta de Ar, na verdade, é difícil rotular a música de Céu, que desde o disco de estreia (CéU – 2005) flerta com influências distintas como reggae e eletrônica.

A Céu de 2012 fala de desilusões, alegrias e sonhos, mistura o samba de Nelson Cavaquinho (Palhaço) com pitadas de valsa e o rock/pop. A cantora continua interessante, enquanto a compositora mostra-se mais madura – um bom exemplo é a ótima Asfalto e Sal – e a artista bem mais esperta. Esperta o suficiente para fazer com que Caravana Sereia Bloom seja do tamanho certo na boa tradição dos antigos discos de vinil (sua audição dura menos de 40 minutos), fazendo com que o trabalho soe mais coeso e as canções mais amarradas ao universo sonoro criado pelo produtor Gui Amabis. O repertório, que permite até a regravação de um reggae em inglês – You Won’t Regret it – parece ter sido escolhido com a finalidade de mostrar a versatilidade de Céu, sem deixar o seu fã perdido em meio a um material totalmente distante do seu habitat natural.

Se a artista já não é a menina que surgiu prometendo se transformar em furação no início dos anos 2000 – agora tem marido e uma filha de 3 anos – ela se consolida como mais uma grande intérprete de um cenário musical que não cansa de produzir cantoras. Caravana Sereia Bloom pode ser considerado seu melhor e mais consistente trabalho. Um disco que serve para confirmar o talento pop de uma linda sereia da MPB.

Texto publicado originalmente no jornal O Fluminense

Don’t Let The Sun Catch You Crying – Ray Charles x Paul McCartney

Dois gênios interpretando uma bela canção. Escolha a sua preferida.

Ótima noite para todos!


Mais uma esperança para o blues

Joe Bonamassa mostra, aos 34 anos, que o gênero ainda vive

O novaiorquino Joe Bonamassa é mais um apaixonado pelo blues. Blues inglês. Isso, mesmo já tendo participado de um grupo (o Bloodline) onde estava o filho de Miles Davis. Bonamassa, que aos 14 anos já tocava como atração de abertura dos shows do mestre B.B. King e, desde então, já dividiu o palco com nomes como os de Buddy Guy, Foreigner, Robert Cray, Stephen Stills, Joe Cocker, Gregg Allman, Steve Winwood, Paul Jones, Ted Nugent, Warren Haynes, Eric Clapton, Derek Trucks e Jack Bruce, tem três trabalhos recentes lançados no Brasil pela Som Livre: o CD Dust Bowl e o CD e DVD/Blu ray Live From Royal Albert Hall.

Bonamassa, que ainda é relativamente jovem, com seus 34 anos, é, depois da morte de Stevie Ray Vaughan, uma das grandes esperanças do blues. Em Live From Royal Albert Hall o guitarrista, usando o seu melhor estilo Blues Brothers, mostra toda a sua técnica em canções como Lonesome Road Blues, The Ballad of Joe Henry e So Many Roads. Mas o melhor mesmo é a participação e a influência de Eric Clapton, que é citado com parte do tema de Edge of the Darkness (um obscuro tema para um filme de TV do mesmo nome). O duelo entre Bonamassa e Deus em Further On Up the Road é de arrepiar e possivelmente a versão mais incendiária desta canção, que Clapton já dividiu com gente como Jeff Beck, Robbie Robertson e Albert Lee. Outro ponto alto do DVD é a versão de Your Funeral My Trial, clássico de Sonny Boy Williamson, que conta com o cantor e gaitista Paul Jones.

Dust Bowl – 12º trabalho solo de Joe Bonamassa – mistura o blues de Buddy Guy, com influências country, principalmente nas faixas onde veterano cantor e compositor John Hiatt empresta ao bluseiro a sua bagagem country. Mas há também toques de hard rock no trabalho, assim como momentos que parecem voltados para o som pop FM que toma conta das rádios atuais.

Da faixa de abertura (Slow Train) até a de encerramento (Prisoner), Dust Bowl é Joe Bonamassa dando o melhor de si, passeando pelas várias vertentes do rock/blues com um vigor que há algum tempo parecia ter se perdido, principalmente nos últimos trabalhos dos grandes nomes do gênero.

Recomendo a audição dos dois trabalhos!


Texto publicado originalmente no jornal O Fluminense

Banco do Brasil lucra R$12,12 bi em 2011

Cada vez entendo menos o porquê da população brasileira precisar ajudar crianlas carentes, vítimas de desastres naturais e outras causas. Se os bancos privados já ganham muito, o que dizer do caminhão de dinheiro conseguido pelo BB? Será que não poderiam usar esse dinheiro em prol de algumas causas nobres?

O Banco do Brasil divulgou seus resultados financeiros referentes a 2011, quando reportou lucro líquido de R$ 12,126 bilhões em 2011, correspondendo a um avanço de 3,6%, ante R$ 11,703 bilhões registrados em 2010.

No ano de 2011, o retorno sobre patrimônio líquido em teve queda de 4,6 pontos percentuais, passando de 27%, em 2010, para 22,4%.

No ano passado, a carteira de crédito ampliada, incluindo títulos e valores mobiliários privados e garantias, subiu 19,8%, passando de R$ 388,224 bilhões R$ 465,093 bilhões.

A provisão para crédito duvidoso também subiu em 2011, passando de R$ 10,244 bilhões, registrados em 2010, para R$ 11,975 bilhões, uma expansão de 16,9%.

Fonte: Agência IN

Continua a briga Sky x Fox Sports

O que parecia uma simples operação de troca de canais (a Fox comprou a BandSport), está se transformando em uma queda de braço que pode beirar o ridículo. Operadora e canal não se entendem e, por enquanto, Libertadores só mesmo pela Globo.


Sky pede para assinantes pressionarem o Fox Sports

Depois de a Fox Sports divulgar em seu site os números de telefone das operadoras de TV que não acertaram a transmissão do canal, a Sky se pronunciou. Em declaração no perfil que mantém no Twitter, a empresa sugeriu para os assinantes entrarem em contato com a nova emissora de esportes, com o intuito de ver os jogos da Libertadores em outro veículo.

Com sinal no País desde o início do mês, o Fox Sports é o único responsável pela transmissão da competição sul-americana na TV fechada. A Sky, que ainda não acertou contrato com a nova emissora, garante que está negociando. A operadora também informa que está empenhada em favorecer todos os clientes. A mensagem foi enviada à própria Fox.

Porém, a Sky deu a entender que está fazendo o possível para disponibilizar o sinal do Fox Sports, mas que não aceitará nenhuma exigência considerada absurda. “Nós não vamos aceitar ofertas inadequadas que impactem em um alto custo na assinatura. A programadora é também responsável pelo Speed e FX, que estão no seu pacote, solicite a eles que transmitam os jogos da Libertadores nestes canais”, afirmou.

Ao citar que a direção do grupo que mantém o Fox Sports pode transmitir a Libertadores em outros canais, a Sky divulgou ter o compromisso de zelar pelos assinantes e que, por isso, continua negociando para transmitir a nova emissora de esportes da TV por assinatura do Brasil.

Fonte: Comunique-se

Palavra do Dia: Oxente

Oxente é uma expressão bastante característica do Nordeste brasileiro. Essa palavra vem do termo ó gente e traduz certa surpresa e estranheza por parte de quem fala. No Nordeste há também uma expressão bastante comum: vixe Maria, que vem de virgem Maria. Essa característica de se ter som de x em algumas palavras vem dos costumes antigos de alguns povos do Portugal nortenho, que migraram para o Brasil na época da colônia. Entre outras gírias conhecidas no nordeste do Brasil estão galego, para pessoas loiras e cabra, que é homem.

(o.xen.te) N.E.

interj.
1  Pop.  Exprime surpresa ou estranheza: Oxente, essa mulher está falando até agora! [F. red. oxe.]

sm.
2  Pop.  Forró

[F.: Aglut. de ó gente.]