Autores

Fernando de Oliveira (feroli)

Em Mendoza com mais de um litro de cerveja na mesa

Jornalista, mais de 50 anos, colecionador de discos (principalmente Beatles, Paul McCartney, Eric Clapton, Pete Townshend e rock dos anos 70 e 80), amante de música (qualquer uma que seja BOA), co-autor do livro Linux: Comece Aqui, apreciador de boas comidas e de cozinhar, tentando aprender mais (muito mais, sempre) sobre vinhos e a vida, observador e com o péssimo hábito de quase sempre estar certo, além de ser apaixonado por gatos. Já trabalhou como gerente de loja de calçados infantis, teve loja de roupas e foi assessor de imprensa, entre outras funções. Ah, também já entrevistou Sir Paul (em Londres) e recebeu uns postais de um certo John Lennon.

Para quem não sabe, o apelido feroli foi criado para poder criar uma conta de e-mail, na época na qual elas só podiam ter oito letras. Feroli é a junção das iniciais do meu nome e sobrenome (FERnando de OLIveira). Simples assim.

Atualmente procura um bom trabalho.

O resto da história? Ainda está sendo escrita…

Débora Thomé

Sim, é o Loch Ness!

A primeira. Libriana clássica. Amiga do Feroli. Alma escocesa. Meio-maratonista. Flamengo. Portela. Jornalista com habilitação em Nutrição Esportiva (what?!) que acredita ser boa fotógrafa. Viciada em séries.

Roqueira. Mas desce até o chão quando toca funk das antigas. Lembra passos de hustle e de lambada, mas esquece de almoçar.

Detesta falar sobre si. Inclusive, detesta falar. Ama escrever. Sobre educação, tecnologia, música, cinema, séries, corrida, ciência, nutrição. Repórter roots. Sabe de nada, mas sabe quem sabe. Não pode ver uma novidade que já quer conhecer e dividir com quem se interessar.

O que me move é a curiosidade. A passos lentos, porque não tenho pressa ao saborear conhecimento.

 

Anúncios

12 Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.