Arquivo da tag: John Lennon

Imagine, de John Lennon, ganha versão com seis discos

Clássico, lançado em 1971, será (re)lançado novamente em edição de luxo. The Ultimate Collection traz 135 faixas e um livro contando a história do álbum. São 4 CDs e 2 blu-ray áudio

O fim de 2018 promete ser recheado de novidades para os fãs de rock e dos Beatles, em particular.

Além do lançamento do novo disco de Paul McCartneyEgypt Station, em 7 de setembro — e da edição comemorativa do Álbum Branco — com detalhes e data ainda não divulgados — foi anunciado hoje (23) o lançamento de mais uma edição do disco Imagine, de John Lennon, no dia 5 de outubro.

A história

Imagine foi o segundo disco solo de Lennon. Gravado ainda na Inglaterra, mas com overdubs e a mixagem feitos em Nova York, o álbum é a obra mais conhecida do ex-beatle, muito provavelmente por conta da sua canção-título.

Suas econômicas dez canções foram produzidas por Phil Spector, o mesmo responsável pelo disco anterior — John Lennon/Plastic Ono Band —, alguns singles do músico, o triplo All Things Must Pass (George Harrison) e pelo malfadado último LP dos Beatles, Let it Be.

Embora alguns prefiram o estilo mais cru e menos produzido do Plastic Ono Band —na época um fracasso comercial — foi com Imagine que Lennon conseguiu fazer dinheiro e conquistar sucesso em várias partes do mundo.

Apesar de mais suave, o disco não é composto apenas pela faixa-título e canções de amor — Oh My Love, Jealous Guy e Oh Yoko! —, mas também tem seu lado malvado, com How Do You Sleep?, um dos ataques mais ferozes já feitos na história do rock.

A pobre vítima, Paul McCartney, deve ter ficado bastante chateado, apesar de Lennon sempre dizer que ele não ficou.

— Se eu não puder brigar com meu melhor amigo, com quem eu vou poder? — disse John em uma entrevista, em 1971.

A lista de músicos que participaram das gravações é de respeito. George Harrison, Jim Gordon, Nicky Hopkins, Klaus Voormann, Bobby Keys, além de Joey Molland e Tom Evans, do Badfinger, entre outros.

Clique na imagem e encomende a sua cópia

O álbum chegou ao 1° lugar em quase todo o mundo e, em 2012, foi escolhido pela revista Rolling Stone como o 80° melhor disco de todos os tempos. Nada mal.

Versão definitiva?

A chamada Ultimate Deep Listening Experience pretende (imagina-se) ser a versão definitiva de um dos discos mais esmiuçados e relançados da história. Imagine já foi relançado (pelo menos) em 1987, 2000, 2010, 2011 e 2014, além de ter faixas e outtakes espalhados por várias caixas contendo a obra do artista.

Também não podemos esquecer o filme produzido por Lennon sobre o disco e os vários documentários subsequentes lançados ao longo dos anos — dois deles serão relançados pela Eagle Rock.

A nova edição trará outtakes, demos e um disco com versões evolutivas das canções, mostrando o caminho que percorreram, das demos até a versão comercial. Há mixagens 5.1 e até mesmo uma velha Quad Mix.

O material será, na sua maioria, já conhecido dos fãs mais hardcore, mas sempre há algo guardado para surpreender a todos. As versões evolutivas, principalmente — talvez ao ledo da mixagem 5.1 — são o que mais atiçam a curiosidade dos colecionadores. Ouvir como uma canção é transformada é sempre uma experiência reveladora.

Não foram esquecidos os singles e seus respectivos lados B. Power To The People, Do The Oz e Happy Xmas (War Is Over), por exemplo, estão lá, devidamente remixados e com som atualizado.

Desde 2016

O trabalho na Ultimate Collection não começou agora. Desde 2016, Yoko vem preparando o projeto ao lado do engenheiro Paul Hicks, em Abbey Road. Portanto, é de se acreditar que a coisa esteja prá lá de caprichada.

Livro

O livro Imagine é outro projeto que vem sendo trabalhado há alguns anos. São 320 páginas contando a história da produção do disco e prometendo ter 80% de fotos inéditas em seu conteúdo.

Ele também vai ser vendido separadamente e terá três versões: a normal, uma especial (com 176 páginas extras) e uma edição para colecionadores, autografada por Yoko Ono.

Sinceramente, deve ser lindo de morrer, mas duvido que conte algo que já não saibamos sobre o mais famoso dos discos solo de Lennon.

Os filmes

Junto com os áudios, o feliz comprador encontrará uma versão restaurada do filme Imagine, produzido por John & Yoko, em 1971. O segundo filme — Gimme Some Truth — será (re)lançado separadamente, também em outubro. Todos com som remasterizado.

As versões

Se você chegou até aqui, deve estar preocupado em ter que gastar uma fortuna pelo novo Imagine. A boa notícia é que serão vários sabores para escolher. Há um CD simples, um duplo, a caixa com 4 CDs e 2 blu-ray e a obrigatória versão em vinil (duplo).

Os preços variam entre US$ 18 e US$ 103. Em tempos de dólar acima dos R$ 4, o jeito é rezar para o câmbio baixar até outubro.

Confira o catálogo de John Lennon

Por que mais um Imagine?

Essa é a pergunta de 1 milhão de dólares. Apesar da pequena produção (em termos quantitativos) de Lennon, ainda há muita coisa para ser lançada, tanto em áudio, quanto em vídeo. O problema, é que Yoko sempre dá preferência aos projetos nos quais ela participou.

Portanto, os álbuns produzidos no Lost Weekend, quando John se separou de Yoko e namorou a secretária May Pang, parecem que não vão ter muita chance de receber um tratamento parecido com o de Imagine ou Double Fantasy.

Resta aos fãs continuarem a cavar as novidades no underground e torcer para que, um dia, toda a obra de Lennon seja tratada da forma que merece.

Ficha técnica

135 canções
61 faixas em estéreo
45 faixas em 5.1 Surround Sound
10 faixas em Quadrasonic
17 faixas em mono
2 Easter Eggs (?)
Mixagens originais produzidas por John & Yoko e Phil Spector
2016-2018 Remixes produzidos by Yoko Ono
Mixado por Paul Hicks at Abbey Road Studios & Sear Sound

As faixas

Imagine – The Ultimate Edition: 6-disc Super Deluxe Edition

Disc: 1

Remixed Stereo Album

1. Imagine
2. Crippled Inside
3. Jealous Guy
4. It’s So Hard
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die
6. Gimme Some Truth
7. Oh My Love
8. How Do You Sleep?
9. How?
10. Oh Yoko!

Remixed Singles and Extras

11. Power To The People
12. Well… (Baby Please Don’t Go)
13. God Save Us
14. Do The Oz
15. God Save Oz
16. Happy Xmas (War Is Over)

Disc: 2

Elements Mixes

1. Imagine (strings only)
2. Jealous Guy (piano, bass & drums)
3. Oh My Love (vocals only)
4. How? (strings only)

Album Outtakes

5. Imagine (demo)
6. Imagine (take 1)
7. Crippled Inside (take 3)
8. Crippled Inside (take 6 – alt guitar solo)
9. Jealous Guy (take 9)
10. It’s So Hard (take 6)
11. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die (take 11)
12. Gimme Some Truth (take 4)
13. Oh My Love (take 6)
14. How Do You Sleep? (takes 1 & 2)
15. How? (take 31)
16. Oh Yoko! (Bahamas 1969)

Singles Outtakes

17. Power To The People (take 7)
18. God Save Us (demo)
19. Do The Oz (take 3)
20. Happy Xmas (War Is Over) (alt mix)

Disc: 3

Extended Album Tracks and Raw

1. Imagine (take 10)
2. Crippled Inside (take 6)
3. Jealous Guy (take 29)
4. It’s So Hard (take 11)
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die
6. Gimme Some Truth (take 4 – extended)
7. Oh My Love (take 20)
8. How Do You Sleep? (take 11 – extended)
9. How? (take 40)
10. Oh Yoko! (take 1 extended)

Outtakes Live

11. Imagine (take 1)
12. Jealous Guy (take 11)
13. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die (take 21)
14. How Do You Sleep? (take 1)
15. How Do You Sleep? (takes 5 & 6)

Disc: 4

Evolution (from demo to final mix)

1. Imagine
2. Crippled Inside
3. Jealous Guy
4. It’s So Hard
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die
6. Gimme Some Truth
7. Oh My Love
8. How Do You Sleep?
9. How?
10. Oh Yoko!

Disc 5 – Blu-ray audio #1:

Remixed Stereo Album, Singles, Extras, 5.1., Quadrasonic & Outtakes

1. Imagine
2. Crippled Inside
3. Jealous Guy
4. It’s So Hard
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die
6. Gimme Some Truth
7. Oh My Love
8. How Do You Sleep?
9. How?
10. Oh Yoko!
11. Power To The People
12. Well… (Baby Please Don’t Go)
13. God Save Us
14. Do The Oz
15. God Save Oz
16. Happy Xmas (War Is Over)
17. Imagine (Quadrasonic Mix)
18. Crippled Inside (Quadrasonic Mix)
19. Jealous Guy (Quadrasonic Mix)
20. It’s So Hard (Quadrasonic Mix)
21. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die (Quadrasonic Mix)
22. Gimme Some Truth (Quadrasonic Mix)
23. Oh My Love (Quadrasonic Mix)
24. How Do You Sleep? (Quadrasonic Mix)
25. How? (Quadrasonic Mix)
26. Oh Yoko! (Quadrasonic Mix)
27. Imagine (demo)
28. Imagine (take 1)
29. Crippled Inside (take 3)
30. Crippled Inside (take 6 alt guitar solo)
31. Jealous Guy (take 9)
32. It’s So Hard (take 6)
33. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die (take 11)
34. Gimme Some Truth (take 4)
35. Oh My Love (take 6)
36. How Do You Sleep? (takes 1 & 2)
37. How? (take 31)
38. Oh Yoko! (Bahamas 1969)
39. Power To The People (take 7)
40. God Save Us (demo)
41. Do The Oz (take 3)
42. Happy Xmas (War Is Over) (alt mix)

Blu-ray Disc 1 – Imagine – The Ultimate Mixes
Remixed Stereo Album, Singles, Extras & Outtakes

Imagine – The Album
Remix in 5.1 & Stereo 24-96
1. Imagine
2. Crippled Inside
3. Jealous Guy
4. It’s So Hard
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die
6. Gimme Some Truth
7. Oh My Love
8. How Do You Sleep?
9. How?
10. Oh Yoko!

Singles & Extras
Remix in 5.1 & Stereo 24-96
1. Power To The People
2. Well… (Baby Please Don’t Go)
3. God Save Us (Bill Elliot vocal)
4. Do The Oz
5. God Save Oz (John Lennon vocal)
6. Happy Xmas (War Is Over)

The Out-takes
New Mix in 5.1 & Stereo 24-96

1. Imagine (demo)
2. Imagine (take 1)
3. Crippled Inside (take 3)
4. Crippled Inside (take 6 alt guitar solo)
5. Jealous Guy (take 9)
6. It’s So Hard (take 6)
7. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die (take 11)
8. Gimme Some Truth (take 4)
9. Oh My Love (take 6)
10. How Do You Sleep? (takes 1 & 2)
11. How? (take 31)
12. Oh Yoko! (Bahamas 1969)
13. Power To The People (take 7)
14. God Save Us (demo)
15. Do The Oz (take 3)
16. Happy Xmas (War Is Over) (alt mix)

The Quadrasonic Mixes
Remastered in Quad 4.0 24-96
Original 1971 Quadsonic Album Remastered

1. Imagine
2. Crippled Inside
3. Jealous Guy
4. It’s So Hard
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die
6. Gimme Some Truth
7. Oh My Love
8. How Do You Sleep?
9. How?
10. Oh Yoko!

Blu-ray Disc 2 – In The Studio and Deeper Listening

The Raw Studio Mixes – Extended Album Versions – Live
New Mix in 5.1 & Stereo 24-96
Experience, in immersive Surround Sound, the moment John and The Plastic Ono Band record each song live, from a sonic soundstage at the center of Ascot Sound Studios at John & Yoko’s home in Tittenhurst

1. Imagine (take 10)
2. Crippled Inside (take 6)
3. Jealous Guy (take 29)
4. It’s So Hard (take 11)
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die (take 4 – extended)
6. Gimme Some Truth (take 4 – extended)
7. Oh My Love (take 20)
8. How Do You Sleep? (take 11 – extended)
9. How? (take 40)
10. Oh Yoko! (take 1 – extended)

The Raw Studio Mixes – Out-takes – Live
New Mix in 5.1 & Stereo 24-96
1. Imagine (take 1)
2. Crippled Inside (take 2)
3. Crippled Inside (take 6 alt guitar solo)
4. Jealous Guy (take 11)
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die (take 21)
6. How Do You Sleep? (take 1)
7. How Do You Sleep? (takes 5 & 6)
8. How? (takes 7-10)
9. How? (take 40 alt vocal)
10. Oh Yoko! (take 1 tracking vocal)

The Elements Mixes
From the Master Multitracks
New Mix in 5.1 & Stereo 24-96
Mixes from elements of the original multitracks that demonstrate some of the instrumentations from ‘behind the scenes’

1. Imagine (strings)
2. Crippled Inside (upright bass & drums)
3. Jealous Guy (piano, bass & drums)
4. It’s So Hard (strings)
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die (guitar, bass & drums)
6. Gimme Some Truth (electric piano & guitar)
7. Oh My Love (vocals)
8. How Do You Sleep? (strings)
9. How? (strings)
10. Oh Yoko! (acoustic)

The Evolution Documentary
New Mix in Mono 24-96
The story of the songs from demo to master in rehearsals, studio chat and mixed multitrack elements

1. Imagine
2. Crippled Inside
3. Jealous Guy
4. It’s So Hard
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die
6. Gimme Some Truth
7. Oh My Love
8. How Do You Sleep?
9. How?
10. Oh Yoko!
11. Power To The People
12. Well… (Baby Please Don’t Go)
13. God Save Us/God Save Oz
14. Do The Oz
15. Happy Xmas (War Is Over)
16. Tittenhurst Park

Imagine John & Yoko – The Elliot Mintz Interviews
New Mix in Mono 24-96
Tribute by DJ and family friend Elliot Mintz featuring revealing, philosophical, honest and humorous interviews with John & Yoko.

Imagine – 2LP vinyl

LP 1 – Imagine 2018 remix

1 Imagine
2 Crippled Inside
3 Jealous Guy
4 It’s So Hard
5 I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die
6 Gimme Some Truth
7 Oh My Love
8 How Do You Sleep?
9 How?
10 Oh Yoko!

LP 2 – Outtakes

1 Imagine (Original demo recorded at Ascot)
2 Imagine (Take 1)
3 Crippled Inside (Take 3)
4 Crippled Inside (Take 6 alternate guitar solo)
5 Jealous Guy (Take 9)
6 It’s So Hard (Take 6)
7 I Don’t Wanna Be A Soldier (Take 25)
8 Gimme Some Truth (Take 4)
9 Oh My Love (Take 6)
10 How Do You Sleep? (Takes 1 & 2)
11 How? (Take 31)
12 Oh Yoko! (from Bed Peace footage – Sheraton Hotel, Bahamas 1969)

Imagine – The Ultimate Edition: 2CD Deluxe Edition

Disc: 1

Remixed Stereo Album

1. Imagine
2. Crippled Inside
3. Jealous Guy
4. It’s So Hard
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die
6. Gimme Some Truth
7. Oh My Love
8. How Do You Sleep?
9. How?
10. Oh Yoko!

Remixed Singles and Extras

11. Power To The People
12. Well… (Baby Please Don’t Go)
13. God Save Us
14. Do The Oz
15. God Save Oz
16. Happy Xmas (War Is Over)

Disc: 2

Elements Mixes

1. Imagine (strings only)
2. Jealous Guy (piano, bass & drums)
3. Oh My Love (vocals only)
4. How? (strings only)

Album Outtakes

5. Imagine (demo)
6. Imagine (take 1)
7. Crippled Inside (take 3)
8. Crippled Inside (take 6 – alt guitar solo)
9. Jealous Guy (take 9)
10. It’s So Hard (take 6)
11. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die (take 11)
12. Gimme Some Truth (take 4)
13. Oh My Love (take 6)
14. How Do You Sleep? (takes 1 & 2)
15. How? (take 31)
16. Oh Yoko! (Bahamas 1969)

Singles Outtakes

17. Power To The People (take 7)
18. God Save Us (demo)
19. Do The Oz (take 3)
20. Happy Xmas (War Is Over) (alt mix)

Imagine – The Ultimate Edition: single CD

Remixed Stereo Album

1. Imagine
2. Crippled Inside
3. Jealous Guy
4. It’s So Hard
5. I Don’t Wanna Be A Soldier Mama I Don’t Wanna Die
6. Gimme Some Truth
7. Oh My Love
8. How Do You Sleep?
9. How?
10. Oh Yoko!

Uma versão deste texto foi publicada na Revista Ambrosia

Leia também: Eric Clapton vai lançar disco de Natal com toques de blues

Anúncios

Não olhe para trás e a importância de John Lennon

Não Olhe Para Trás IO filme Não Olhe Para Trás, estrelado pelo grande Al Pacino e que ainda está em cartaz em alguns cinemas do Rio de Janeiro, me faz pensar em como uma carta de um ídolo pode mudar a nossa vida. O longa está longe de ser uma obra-prima, mas tem elementos que tocam muita gente, em especial este que vos escreve.

A história gira em torno de Danny Collins, um cantor de pop/rock/folk que vive de sucessos do passado e que sempre viveu num estilo um pouco caricato do rock star dos anos 70, com muitas mulheres e drogas, e que descobre que, em 1971, John Lennon leu uma entrevista sua e escreveu uma carta para ele com elogios e até mesmo com o número de telefone para um possível bate-papo. O problema é que esta carta nunca foi entregue e Danny só soube da sua existência agora, 40 anos depois do ocorrido. Esse evento serve como pano de fundo para que ele tente melhorar a sua vida, um tema mais que batido, mas que é bem conduzido pelo diretor Dan Fogelman.

Não Olhe Para Trás IIOutro ponto alto do filme é a ótima atuação do elenco de apoio –  Christopher Plummer, Annette Bening, Bobby Cannavale e Jennifer Garner – que mesmo com algumas falas e cenas não muito bem construídas consegue manter a bola quicando em bom nível.

O que me tocou mais no filme foi, é claro, a coincidência de também ter recebido correspondências escritas pelo ex-Beatle e pensar na possibilidade de que alguma dessas correspondências pudesse ter se extraviado por conta de um carteiro desleixado ou de algum outro evento.

carinha LennonVer aquele desenho característico que Lennon usava quase como assinatura emocionou, principalmente pelo fato de poder olhar para alguns deles todos os dias. Imaginar o quão a minha vida seria diferente sem esses cartões postais é algo desafiador, mas ainda bem que não é preciso.

Agora, é só resolverem fazer um roteiro sobre essa minha história!

Ah, voltando ao filme: é razoável, mas inesquecível para mim.

Um ano do cara a cara com Paul McCartney

Paul roundtable 4Hoje faz um ano que estive cara a cara com Sir Paul McCartney em Londres. Não que já não tivesse tido contato como ex-beatle com direito até a aperto de mão, mas nada que pudesse se comparar com a emoção de ser convidado oficialmente para entrevistar o astro e ainda por cima na cidade mais emblemática da Terra (em termos musicais).

Já havia entrevistado personagens importantes, como Emerson Fittipaldi, diversos músicos brasileiros e figuras internacionais (em coletivas). O evento foi, sem dúvidas, o mais importante da minha carreira e trouxe mudanças na minha vida (algumas necessárias outras nem tanto) e marcou mais uma mudança de nível no que diz respeito ao hábito de colecionar música e, principalmente, a música relacionada com os Beatles. Afinal, receber cartões do John Lennon é uma coisa, mas participar de uma entrevista com o músico mais importante do planeta é algo totalmente diferente.

Paul roundtable 3Infelizmente não permitiram fotos (só enviaram algumas oficiais) e o único documento desse encontro é a gravação da entrevista (com direito a elogio de Sir Paul).

Hoje é dia de sair, comemorar e torcer pela confirmação de mais uma vinda de Paul & banda ao Brasil (dessa vez no Espírito Santo).

Obrigado Kélita, Jo e ao universo, que conspirou a favor.

A epopeia da entrevista você pode ler aqui.

I’m the Greatest

sobrancelha

Essa vai para os gênios bêbados que acham que vão entrar para a História, mas não têm ideia da sorte de terem as sobrancelhas que comem.

I’m The Greatest
John Lennon

When i was a little boy,
Way back home in liverpool,
My mama told me, i was great.

Then when i was a teenager,
I knew that i had got something going,
All my friends told me i was great.

And now i’m a man,
A woman took me by the hand,
And you know what she told me…i was great.

I was in the greatest show on earth,
For what it was worth.
Now i’m only thirty-two;
And all i wanna do, is boogaloo!

Hey!

I looked in the mirror,
I saw my wife and kids,
And you know what they told me…i was great.

Yes, my name is billy shears,
You know it has been for so many years.
Now i’m only thirty-two;
And all i wanna do, is boogaloo!

As Cartas de John Lennon (e os meus postais também)

Dia 9 de outubro de 1940 é a data de nascimento de John Lennon, que estaria completando seus 72 anos de vida, caso não tivesse sido vítima de um louco em dezembro de 1980. Para comemorar a data, está chegando as livrarias inglesas um livro chamado The John Lennon Letters. A publicação, ideia do autor da biografia autorizada dos Beatles (A Vida dos Beatles), o jornalista inglês  Hunter Davies, reúne mais de 200 cartas e cartões postais escritos por Lennon.

O importante para nós, que vivemos neste país tropical abençoado por Deus e bonito por natureza, é que dois brasileiros estão representados no livro com correspondências enviadas por Lennon. Por coincidência, os dois nasceram e vivem no Rio de Janeiro: Lizzie Bravo (a fã que fez backing na canção Across the Universe) e este jornalista que vos fala.

Quem quiser reler a história dos cartões que Lennon enviou para mim pode clicar aqui.

O livro, que tem a chancela de Yoko Ono, será editado em 15 idiomas inclusive o português, onde sai pela Editora Planeta com o título de As Cartas de John Lennon -, além dos países de língua inglesa. A maioria desses lançamentos agora em outubro.

Reprodução da versão brasileira do livro The John Lennon Letters

Aproveitando a ocasião, publico abaixo uma pequena entrevista com Hunter Davies, sobre o novo livro e sobre a biografia dos Beatles.

Mr. Davies, como foi o tempo que passou com os Beatles enquanto preparava a biografia?

Foi fantástico. O ano de 1967 foi realmente especial para ele e para todos ligados em música. Eu conto essa história toda na última atualização da biografia (em meados dos anos 80).

Seu livro é “bem limpo” em alguns aspectos. Você gostaria de reescrever algo ou contar alguma história mais picante que tenha ficado fora do livro?

Ele não foi considerado “limpo” na época (1968). Todas as críticas, especialmente nos Estados Unidos,disseram que era o livro mais revelador já escrito sobre estrelas pop. Ele incluía a palavra “fuck”, dizia que o Brian Epstein era um gay solteiro, tinha histórias do John roubando quando era criança, etc. As pessoas ficara chocadas naquele tempo. Eu só não inclui nada sobre sexo com groupies – embora todos soubessem disso – porque cada um deles tinha esposa ou namoradas e resolvi poupá-las.

Reprodução da versão brasileira do livro The John Lennon Letters

Caso fosse escrever o livro novamente, ainda deixaria de fora essa parte sobre sexo. Eu só gostaria de ter alado mais sobre a música deles e usado um gravador  – já que eu presenciei muito mais sessões de gravação e ensaio que  as que usei no texto final. Imagino quanto essas fitas não valeriam hoje. Eu só fiz anotações.

Sempre soube que você e Paul McCartney eram amigos. Porém, li uma entrevista dele em 1986 na qual ele fala de você de uma maneira não muito elogiosa. O que aconteceu?

Por favor me mande uma cópia do que o Paul disse. Eu não lembro de ter visto isso. *

*Após enviar a entrevista da Musician de outubro de 1986, Davies disse que as reclamações de Paul não eram procedentes.

Como foi que Yoko chegou até você para escrever esse novo livro?

Na verdade eu fui até a Yoko. Foi tudo ideia minha, mas ela me deu sua benção e permissão, como detentora dos copyrights, sem o qual isso não seria possível.

Mas ela não forneceu nenhuma correspondência do John.

Alguma história o deixou surpreso enquanto preparava o The John Lennon Letters?

Não consigo lembrar de nenhuma grande revelação. São apenas cartas que mostram várias partes da personalidade de john.

E o que achou de encontrar dois brasileiros com correspondências enviadas por Lennon?

Foi uma surpresa muito agradável ter duas pessoas do Brasil com tanta coisa enviada por ele.

Você já escreveu livros sobre ferrovias, a história do futebol e os Beatles, claro. Sobre quais assuntos você gostaria de escrever no futuro?

Gostaria de escrever mais sobre a história do futebol.

Quantas cartas você conseguiu recolher e qual foi o critério para publicá-las?

No total eu consegui 300, mas eu ultrapassei o conceito de cartas, incluindo também cartões postais (como o seu), além de alguns bilhetes e anotações.

É isso! Depois digam o que acharam do livro.