Google vai produzir tablet capaz de capturar imagens 3D

google11A Google pretende produzir um lote de 4 mil tablets capazes de obter imagens tridimensionais.

Segundo o “Wall Street Journal”, o aparelho terá duas câmeras traseiras, funcionará com avançado software de imagens, e será oficialmente apresentado na próxima edição da conferência para desenvolvedores promovida pela empresa — a Google I/O.

Apesar da Google recusar-se a comentar sobre “rumores e especulações” a respeito da novidade, em março a empresa apresentou o chamado Projeto Tango, uma tecnologia que equipa smartphones com tecnologia 3D, por meio de sensores infravermelho que medem distâncias do entorno. A companhia apresentou protótipos do aparelho que foram distribuídos entre 200 desenvolvedores para que testassem a engenhoca.

A Google pretende usar essa funcionalidade 3D — que a rigor não é tão nova assim — em aplicações de mapeamento. Por exemplo, o aparelho poderá ser usado para produzir rapidamente um modelo tridimensional de salões ou aposentos.

Fonte: O Globo

Anúncios

HP deve demitir mais 16 mil funcionários após resultados ruins

HPNos últimos anos, a HP tem passado por problemas sérios, principalmente relacionados à redução do mercado de PCs. Em mais um capítulo da crise, a CEO Meg Whitman anunciou nesta quinta-feira que a empresa deve demitir entre 11 mil e 16 mil funcionários para cortar custos.

O anúncio foi feito após o relatório trimestral dos resultados da empresa, que não foram suficientes para superar as metas estabelecidas pela empresa. Os números ruins acabam sacrificando postos de trabalho.

O problema fica maior quando olhado como um todo. Em 2012, a empresa iniciou um projeto de reformulação que deveria cortar 27 mil empregados; no ano seguinte, a previsão subiu para 34 mil. Agora, com esta nova estimativa, o total de funcionários da HP que perderão o emprego pode subir para 50 mil em poucos anos.

A CEO, no entanto, havia afirmado que o corte de força de trabalho já havia terminado, então o anúncio pega os funcionários de surpresa. A executiva, no entanto, não faz novas promessas em relação a isso, mas se mostra otimista em relação à reestruturação da empresa.

“Fico feliz em anunciar que a reformulação da HP se mantém nos trilhos. Estamos gradualmente transformando a empresa em uma empresa mais ágil, de baixo-custo, com foco nos consumidores e parceiros, que é capaz de competir com sucesso em um panorama de TI sempre em fase de mudanças”, diz Whitman.

Fonte: Olhar Digital

Diretoria dos Diários Associados é alvo de reclamações por colocar equipe em prédio ainda em obras

Já não bastassem os péssimos salário, agora temos que nos deparar com condições de trabalho pra lá de precárias. Lamentável.

 

JC Rio INo último dia 16, os funcionários do Jornal do Commercio do Rio de Janeiro e da Super Rádio Tupi, que fazem parte do grupo Diários Associados, precisaram sair do prédio onde até então ficavam suas respectivas redações. O que eles não imaginavam é que seriam transferidos para um escritório ainda em reforma. A situação foi denunciada pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro e o Comunique-se teve acesso a imagens que mostram as condições de trabalho, descritas pela entidade como “insalubres”.

A nova sede, que fica na Rua Fonseca Teles, em São Cristovão, tem piso bruto e pedreiros trabalhando com máquinas e britadeiras. O ambiente tem poeira, barulho, cheiro de tinta e fios soltos, além de oferecer banheiros sem portas, que expõem todos os colaboradores. Ao Comunique-se, uma fonte revelou que as mulheres passam por situação ainda pior. “As mulheres têm medo de ir ao banheiro porque o único feminino que existe fica fora do prédio, num local rodeado de pedreiros e outros homens”.

JC Rio IIOs jornalistas, de acordo com o sindicato, estão sendo obrigados a trabalhar com máscaras. Na denúncia, a entidade pede ação da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Rio em caráter emergencial por causa da ameaça à saúde dos profissionais. “Tem gente trabalhando por toda parte, é algo inacreditável! Estamos correndo risco de levar choques ou sofrer qualquer outro tipo de acidente. Do jeito que está, a obra ainda levará uns dois anos para terminar e não existe previsão para ficarmos em outro local”, relatou outra fonte.

O antigo prédio onde os veículos de comunicação ficavam, projetado por Oscar Niemeyer, foi anunciado em 2010 por R$ 35 milhões e vendido no ano passado. Presidente do sindicato, Paula Máiran foi impedida, na última quarta-feira, 18, de entrar na nova sede dos Diários Associados no Rio de Janeiro.

A reportagem do Portal Comunique-se tentou contato com a diretoria do Grupo Diários Associados. Até o momento, porém, ninguém da empresa se pronunciou.

Fonte: Comunique-se

 

Bitcoin deve ser mais disseminado, regulado e menos volátil em 2015

BitcoinCom um público de mil pessoas de todos os lugares do mundo, a Bitcoin Conference 2014, realizada em Amsterdã, apontou tendências importantes para o futuro do bitcoin. O evento, promovido pela Bitcoin Foundation, destacou que a moeda digital deve ser mais disseminada, regulada e menos volátil em 2015.

O encontro também debateu temas centrais como as carteiras multi-sign, a relação entre o bitcoin e os aplicativos de mensagens instantâneas e também a maior penetração da moeda nos países com inflação em alta – caso do Brasil atualmente.

Para Flavio Pripas, CEO da exchange brasileira Bitinvest, uma das tendências que justificam o cenário de consolidação do bitcoin é a proliferação dos serviços que deixam a parte técnica de lado e permitem ao usuário de uma carteira de Bitcoins conectar-se diretamente com sua conta bancária e fazer transferências instantâneas entre dólares e a moeda digital com uma taxa próxima de zero. “Tudo isso de forma muito segura”, afirma o executivo.

Pripas conta que alguns paineis abordaram 2014 como o ano em que estão em alta as chamadas carteiras multi-sign (múltiplas assinaturas). Com elas é possível adicionar diferentes usuários (endereços de destino para as transações) em uma mesma carteira, possibilitando agrupar pessoas envolvidas em um mesmo negócio e tornando mais seguras movimentações cotidianas nas empresas, por exemplo. “Em uma carteira do tipo multi-sign é possível que dois de três sócios de uma empresa aprovem uma transferência”, explicou o CEO, acrescentando que esta modalidade, ele acredita, é um importante instrumento para a intensificação do uso do bitcoin em 2015.

Porém, quais mercados estão “no alvo” para ter a moeda digital tão inserida no dia a dia de empresas e pessoas? Pripas responde: “Economias com maior inflação (tais como o Brasil, atualmente) têm grande potencial, já que o bitcoin como moeda proporciona o ambiente propício para menores taxas, tornando transações mais viáveis”, afirma Pripas.

Fonte: IDG Now

Esmalte de(a) Coca-Cola?

CocaColaEsmalte-300A Coca-Cola, em parceria com a marca de esmaltes OPI, lança uma coleção inspirada em sua bebida. A nova linha de esmaltes, que faz parte do mais recente acordo de licenciamento da marca, realizou um evento de manicure no centro de Manhattan.

Os produtos da gigante de bebidas geram mais de US$ 1 bilhão em vendas no varejo anualmente. Desde 2009, a Coca-Cola duplicou sua receita de licenciamento e lucro.

“É um negócio muito lucrativo para nós”, disse Kate Dwyer, diretora do grupo de licenciamento mundial da Coca-Cola.

 

Fonte: Meio & Mensagem