Arquivo da tag: TV

GoT ‘booze’ nesta última temporada!

Destilarias escocesas lançaram uma coleção com oito ‘single malt’, uma para cada casa de Westeros

A oitava e última temporada de Game of Thrones terá o primeiro episódio exibido na HBO no dia 14 de abril. Muitos fãs desta série sangrenta, brutal e chocante em breve ficarão com saudades dos sete reinos.

O teaser mais recente da esperada season finale da série mostra Jon Snow (Kit Harington), Sansa (Sophie Turner) e Arya (Maisie Williams) caminhando pela cripta de Winterfell ao som de frases dos falecidos Lyanna, Catelyn e Ned Stark — todas sobre a origem de Jon.

Enquanto fazemos a contagem regressiva, podemos homenagear uma personagem inesquecível da saga e… beber!

“Não há história que uma bebida tão boa não a torne melhor.”

Thoros of Myr

Edição especial de puro malte GoT

Mas poderemos afogar nossas mágoas e saudades da saga enquanto desfrutamos de maltes individuais especialmente selecionados, cujos sabores foram escolhidos para representar cada casa.

Então, se você é uma mãe de dragões, ou Senhor Comandante da Night Watch, poderá encontrar um malte maravilhosamente trabalhado para se adequar à sua paleta.

Para maior sorte, não há necessidade de visitar a terra distante de Westeros para descobrir essas maravilhas.

BASTA IR À ESCÓCIA!

“… É isso que eu faço: bebo e sei as coisas.”

Tyrion Lannister

Destilarias escocesas fabricam os whisky GoT

A coleção completa dos wisky GoT (Foto: Divulgação)

Quem visitar a capital escocesa pode se hospedar na Strathallan Guest House. Dali, fica pertinho conhecer Cardhu, a destilaria escolhida para criar o single malt da a Casa Targaryen: Dragon Stone Gold Reserve.

Não tema; a bebida não faz cuspir fogo. É, na verdade, descrito como um whisky com notas de maçã vermelha, caramelo, carvalho e nozes que desce como seda. Perfeito para saborear de frente para uma lareira com fogo crepitante.

A destilaria de Oban faz a Night’s Watch (Foto: Divulgação)

Não muito distante, em Isle of Skye, nas Highlands, também é possível visitar a destilaria Talisker.

Skye é o cenário perfeito para o whisky da Casa Greyjoy. Baseado em uma família que governou as Ilhas de Ferro, o single malt de cor dourado-cobre é resultado perfeito do uso de barris ex-carbonizados, dando-lhe um cheiro de fumaça com toques de pimenta e uma nota de chocolate amargo.

Cada casa em Game of Thrones tem um uísque especialmente selecionado. As Casas Tully, Stark, Lannister, Baratheon e Tyrell também foram agraciadas com sua prórpia garrafa. Assim como a Night Watch, com uma garrafa total black lindíssima.

O ‘White Walker’ (Fofo: Divulgação)

Mas para quem está mais para o estilo vilão zumbi congelado, a Johnnie Walker lançou uma White Walker (duh) whisky. A edição limitada tem garrafas a US$ 27. As demais bebidas da coleção têm preços que variam entre US$ 30 e US$ 100.

Está esperando o que para se aventurar ao redor das Highlands e descobrir qual é o seu malte pessoal de Westeros?

Anúncios

Estaria de volta o estranho fascínio por Ted Bundy?

O ‘serial killer’ americano foi executado na cadeira elétrica há exatos 30 anos

Ted Bundy parece ter voltado ao centro do interesse público. É que sua execução completa três décadas neste ano. Para marcar a data, um documentário sobre o serial killer americano acaba de chegar à Netflix.

Conversando com um serial killer é uma das estreias do serviço de streaming deste fim de semana.

Entrevistas atuais, material de arquivo e gravações de áudio feitas o corredor da morte traçam o perfil do assassino mais famoso dos EUA. Em quatro episódios, a série narra a vida de Bundy — cuja
história “inspirou” filmes como Psicopata Americano, estrelado por
Christian Bale.

O assassino em série também ganhará vida no cinema. Coincidência ou não, o trailer de Extremely Wicked, Shocking Evil and Vile foi divulgado nesta sexta, 25.

‘Bad-ass sex bomb’: Zac Efron

Libriano clássico — charmoso, talentoso e sedutor —, Zac Efron está matador em seu próximo trabalho. Em todos os sentidos.

Famoso pelas suas atuações em musicais e comédias românticas, Efron sai de sua zona de conforto e aparece como um verdadeiro bad-ass sex bomb no primeiro trailer de “Extremely Wicked, Shocking Evil e Vile”.

Zac Efron — de High School Musical, Baywatch: SOS Malibu, O rei do show —, interpreta o infame serial killer Ted Bundy.

Extremely Wicked, Shocking Evil and Vile estréia em Sundance neste fim de semana. Aperte o play para ter uma ideia do que vem por aí.

Que filme é esse?

Ted Bundy brutalmente assassinou e agrediu pelo menos 30 mulheres antes de ser pego em 1978. Seu julgamento tornou-se um circo da mídia enquanto tentava se defender no tribunal.

Conquistou o apoio de fãs do sexo feminino e até mesmo pediu sua sua namorada em casamento enquanto ela testemunhava em sua
favor. (FYI: Ela disse que sim) Bundy foi executado na cadeira elétrica em 1989.

Imagem divulgada pelo ator em suas redes sociais (Foto: reprodução)

O filme é contado a partir da perspectiva de uma das ex-namoradas de Bundy, Liz Kloepfer (Lily Collins), que chega à terrível constatação de que o homem que ela ama poderia ser um assassino cruel.

Dessa premissa, o filme narra a onda de assassinatos de Bundy (sling de braço falso e tudo), bem como sua prisão, fugas (sim, ele escapou da custódia duas vezes) e julgamento.

A direção é de Joe Berlinger, que também criou e dirigiu o documentário da Netflix.

Confira a lista dos indicados ao Globo de Ouro 2019

Indicações ao Globo de Ouro aquece temporada de premiações de 2019

Uma das mais importantes premiações do cinema e da televisão dos estados unidos, o Golden Globe Awards divulgou a lista de indicados para 2019 nesta quarta-feira (6).

Um dos filmes mais badalados do ano, ‘Pantera Negra‘ quebra mais um tabu e é o primeiro filme de heróia a figurar entre os indicados à premiação. O longa de Ryan Coogler concorre em três categorias:

  • Melhor Filme de Drama
  • Melhor Trilha Original Filmes
  • Melhor Música Filmes

Outro campeão de bilheteria, ‘Bohemian Rhapsody‘ recebeu indicações nas categorias Melhor Filme Drama e Melhor ator Filme Drama.

globodeouro2019-blogdoferoli
Veja uma seleção de bons filmes. Clique, escolha e encomende o seu


Bohemian Rhapsody – A apoteose da rainha

Vice‘, com Christian Bale no papel do ex- vice-presidente americano Dick Cheney, é o campeão de indicações da edição. Concorrerá em seis categorias.

Nasce Uma Estrela‘, remake com Bradley Cooper e Lady Gaga, vem com cinco nomeações. Entre elas, Melhor Diretor e Melhor Canção Original.  ‘A favorita‘ e ‘Green Book: O Guia‘ também obtiveram cinco indicações.

The assassination of Gianni Versace‘ obteve quatro indicações e lidera na categoria TV.  Logo em seguida, ‘The marvelous Mrs. Maisel‘, ‘Killing Eve‘ e ‘Barry‘ aparecem entre as séries favoritas, com três indicações cada.

Realizada pela Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA), a premiação geralmente aponta os favoritos para o Oscar. A cerimônia de entrega será realizada em 6 de janeiro, em Bervely Hills.

Os atores Andy Samberg (Brooklyn Nine-Nine) e Sandra Oh (Grey’s Anatomy) serão os apresentadores da festa de entrega dos troféus.

Confira a lista de indicados para 2019

CINEMA

Melhor Filme Drama
"Infliltrado na Klan"
"Pantera Negra"
"Bohemian Rhapsody"
"If Beale Street Could Talk"
"Nasce Uma Estrela"

Melhor Filme Musical ou Comédia
"Crazy Rich Asians"
"The Favourite"
"Green Book"
"Mary Poppins Returns"
"Vice"

Melhor Atriz Filme Drama
Glenn Close, "The Wife"
Lady Gaga, "Nasce uma estrela"
Nicole Kidman, "Destroyer"
Melissa McCarthy, "Can You Ever Forgive Me?"
Rosamund Pike, "A Private War"

Melhor Ator Filme Drama
Bradley Cooper, "Nasce uma estrela"
Willem Dafoe, "At Eternity's Gate"
Lucas Hedges, "Boy Erased"
Rami Malek, "Bohemian Rhapsody"
John David Washington, "Infiltrado na Klan"

Melhor Atriz Filme Musical ou Comédia
Emily Blunt, "O Retorno de Mary Poppins"
Olivia Colman, "A favorita"
Elsie Fisher, "Eighth Grade"
Charlize Theron, "Tully"
Constance Wu, "Podres de Ricos"

Melhor Ator Filme Musical ou Comédia
Christian Bale, "Vice"
Lin-Manuel Miranda, "O Retorno de Mary 
Poppins"
Viggo Mortensen, "Green Book: O Guia"
Robert Redford, "The Old Man and the Gun"
John C. Reilly, "Stan & Ollie"]

Melhor Diretor Filmes
Bradley Cooper, "Nasce uma estrela"
Alfonso Cuaron, "Roma"
Peter Farrelly, "Green Book: O Guia"
Spike Lee, "Infiltrado na Klan"
Adam McKay, "Vice"

Melhor Atriz Coadjuvante Filmes
Amy Adams, "Vice"
Claire Foy, "First Man"
Regina King, "If Beale Street Could Talk"
Emma Stone, "A Favorita"
Rachel Weisz, "A Favorita"

Melhor Ator Coadjuvante Filmes
Mahershala Ali, "Green Book: O Guia"
Timothee Chalamet, "Beautiful Boy"
Adam Driver, "Infiltrado na Klan"
Richard E. Grant, "Can You Ever Forgive Me?"
Sam Rockwell, "Vice"

Melhor Roteiro Filme
Barry Jenkins ("If Beale Street Could Talk")
Adam McKay ("Vice")
Alfonso Cuaron ("Roma")
Deborah Davis and Tony McNamara ("The 
Favourite")
Peter Farrelly, Nick Vallelonga, Brian 
Currie ("Green Book")

Melhor Filme em Língua Estrangeira
"Capernaum"
"Girl"
"Never Look Away"
"Roma"
"Shoplifters"

Melhor Animação
"Os Incríveis 2"
"Ilha dos Cachorros"
"Mirai"
"WiFi Ralph: Quebrando a Internet"
"Homem-Aranha no Aranhaverso"

Melhor Trilha Original Filmes
Marco Beltrami, "Um lugar silencioso"
Alexandre Desplat, "Ilha de cachorros"
Ludwig Göransson, "Pantera Negra"
Justin Hurwitz, "O primeiro homem"
Marc Shaiman, "O retorno de Mary Poppins"

Melhor Música Filmes
"All the Stars”, "Pantera Negra"
"Revelation”, Boy Erased
"Girl in the Movies”, "Dumplin"
"Shallow", "Nasce uma estrela"
"Requiem for a Private War", "A Private War"

TELEVISÃO

Melhor Série Drama
"The Americans"
"Bodyguard"
"Homecoming"
"Killing Eve"
"Pose"

Melhor Série Musical ou Comédia
"Barry"
"Kidding"
"The Good Place"
"The Kominsky Method"
"Marvelous Mrs. Maisel"

Melhor série limitada ou filme para TV
"The Alienist"
"The Assassination of Gianni Versace: 
American Crime Story"
"Escape at Dannemora"
"Sharp Objects"
"A Very Englisch Scandal"

Melhor Ator em Série Musical ou Comédia
Sascha Baron Cohen, "This is America"
Michael Douglas, "The Kominsky Method"
Donald Glover, "Atlanta"
Bill Hader, "Barry"

Melhor Atriz em Série Musical ou Comédia
Kristen Bell, "The Good Place"
Candice Bergen, "Murphy Brown"
Alison Brie, "Glow"
Rachel Broshnahan, "The Marvelous Mrs. 
Maisel"
Debra Messing, "Will & Grace"

Melhor Atriz Série Drama
Caitriona Balfe, "Outlander"
Elisabeth Moss, "The Handmaid's Tale"
Sandra Oh, "Killing Eve"
Julia Roberts, "Homecoming"
Keri Russell, "The Americans"

Melhor Ator Série Drama
Jason Bateman, "Ozark"
Stephan James, Homecoming"
Billy Porter, "Pose"
Richard Madden, "Bodyguard"
Matthew Rhys, "The Americans"

Melhor Ator Série Limitada ou Filme para TV
Antonio Banderas, "Genius: Picasso"
Daniel Bruhl, "The Alieniest"
Darren Criss, "The Assassination of Gianni 
Versace: American Crime Story"
Benedict CUmberbatch, "Patrick Melrose"
Hugh Grant, "A Very English Scandal"

Melhor Atriz Série Limitada ou Filme para TV
Amy Adams, "Sharp Objects"
Patricia Arquette, "Escape at Dannemora"
Connie Britton, "Dirty John"
Laura Dern, "The Tale"
Regina King, "Seven Seconds"

Melhor Ator Coadjuvante Série, Série 
Limitada ou Filme para TV
Alan Arkin, "Kominsky Method"
Kieran Culkin, "Succession"
Edgar Ramirez, "The Assassination of Gianni 
Versace: American Crime Story"
Ben Whishaw, "A Very English Scandal"
Henry Winkler, "Barry"

Melhor Atriz Coadjuvante Série, Série 
Limitada ou Filme para TV
Alex Bornstein, "The Marvelous Mrs.Maisel"
Patricia Clarkson, "Sharp Objects"
Penelope Cruz, "The Assassination of Gianni 
Versace: American Crime Story"
Thandie Newton, "Westworld"
Yvonne Strahovski, "O conto de Aia"

Televisão: Os apartamentos de Jorge Bispo

Fotógrafo estreia no Canal Brasil “502”,  programa que aborda a nudez masculina

Neste post, faço um mea culpa, conto uma historinha rápida e aproveito para jogar umanovidade no colo de vocês. Não necessariamente nessa ordem, é claro.

Outro dia mesmo estava na lavanderia e a moça que ocupava uma das máquinas puxou papo. Aquela espera tipo fila. Nem adiantou o fato de eu estar com a cara enfiada no meu livro.

Conversamos amenidades por dois minutos.

Voltei para a leitura, mas ela disparou:

— Quando você terminar de ler, tenho uma pergunta para fazer. Uma curiosidade…

O livro na minha mão, bojudo, nem tinha chegado à metade de suas páginas. Respirei fundo e prestei atenção na companheira de roupa suja. Ela queria saber, antes de mais nada, se eu assistia ao Canal Brasil. E aqui vem o mea culpa.

Parei e pensei. Não lembrava a última vez que sintonizei na emissora. Inclusive, preciso frisar que, tirando futebol, não ligo mais canal de TV aberta e, com a facilidade do streaming, abandonei até a TV a cabo, que me prende a horários. Respondi que não, não tinha o costume.

Foi aí que ela introduziu seu desconforto com um programa com o qual se deparou, um belo dia, zapeando. Era o “302”. Desde 2014, o fotógrafo Jorge Bispo trabalha seu projeto, concebido para a internet — o “Apartamento 302” —, como programa televisivo.

Já foram ao ar quatro temporadas. Nele, mulheres comuns se despem, no sentido mais amplo da palavra, para a lente de Bispo. E as câmeras do Canal Brasil. O questionamento da companheira de lavanderia:

— O que leva essas mulheres a fazer isso? E por que mulheres, e não homens?

O que acontece em 10 minutos no 302

Curiosa, fui conferir.

Cada episódio tem duração de cerca de 10 minutos. A convidada, uma mulher “comum”, conta sua própria história diante das câmeras. O tratamento é típico de documentário.

Mulheres reais em seus próprios ambientes onde, teoricamente, se sentem mais confortáveis. Elas narram suas histórias, conversam com um interlocutor que nunca aparece. Não interessa; ela está falando com você, espectador.

No início, a nudez é metafórica. O assunto abordado deve ter o máximo de honestidade possível. A câmera é sua terapia, naquele momento. Depois de enfrentar seus fantasmas, é preciso se reencontrar. E, segundo Bispo, nenhuma maneira é melhor de fazê-lo, a não ser totalmente despida.

No fim, uma foto. E, talvez para muitas mulheres, a paz interior.

Para minha melhor amiga da lavanderia, a satisfação de tentar entender, agora, o universo masculino.

Nudez masculina dois andares acima: 502

A partir de 28 de setembro, o fotógrafo trará novidades para as telas: o “502”, programa que explora a nudez masculina. A série será dirigida por Helena de Castro. Matheus VK assina a trilha original da abertura.

Assim como no “302”, a relação com corpo será um tema bastante presente no “502”. Mas assuntos como racismo, masculinidade, virilidade, sexualidade e, claro, tamanho do pênis, também entram em questão quando homens tiram a roupa.

O programa ainda contará com a participação de um personagem trans que deixa bem clara sua motivação para estar ali: se reconhecer e se afirmar como homem. Quanto ao ato de despir-se, Bispo afirmou que os caras o fazem de forma bastante semelhante às mulheres.

“Venho me surpreendendo com como não faz muita diferença. Mesmo com o tabu do tamanho do pênis, masculinidade e etc. Vi que existem homens com perfis variados assim como acontecia com as mulheres. Não consigo identificar uma característica própria dos homens nesse aspecto”

Jorge Bispo

Enquanto nas mulheres fotografadas para o  “302”, liberdade e autoconhecimento apareciam entre os principais motivos para embarcar  no projeto, para os homens os motivos são mais variados: o desafio, vaidade, afirmação perante a sociedade de sua sexualidade.

Bateu curiosidade? Zapeia!

502 
Estreia: Sexta, dia 28, à 0h
Quando: Sextas, meia-noite
Classificação: 14 anos
Direção: Helena de Castro

Programas de gastronomia tomam conta da TV brasileira

Tanto na TV aberta, quanto na TV por assinatura, canais e programas culinários invadem a grade de programação, incentivando os chefs amadores

Cozinhar é um hobby mundial que vem sendo incorporado pelos brasileiros. Os diversos Masterchefs, os vários sabores do Que Marravilha!, os game shows como The Taste Brasil, Que Seja Doce, Bizu, Cutthroat Kitchen (Mestres da Sabotagem) e Chopped, para citar alguns, fazem sucesso e estão se ampliando e reproduzindo.

Pesquisa feita pela assessoria Gfk mostra que 79% dos brasileiros cozinham por diversão e que 75% deles gostariam de saber um mais sobre culinária. Com isso, também está aumentando o número de escolas de gastronomia espalhadas pelo Brasil.

Como muitos desses brasileiros, eu também sou um entusiasta da cozinha e tendo a experimentar técnicas variadas, muitas vezes inspirado nesses programas de TV, mas sempre com o cuidado de adaptar as dicas e ingredientes para a realidade do dia a dia (e que você pode acompanhar nas receitas do blog).

Chefs bons (?)

A única coisa que me incomoda nessa onda de programas (principalmente os brasileiros) é a soberba de chefs que estão longe de serem uma Brastemp, mas agem como se fossem o real Supra Sumo da culinária nacional.

Uma coisa é ver gente do calibre de Gordon Ramsay sendo indelicado com alguém e outra é ver alguém que nem sequer fala direito o nosso idioma e tem um restaurante com vários pratos questionáveis, sendo grosso com alguém.

bizus que são imperdíveis, mas é engraçado quando algum amador mostra ter mais conhecimento que os supostos mestres.

Portanto, cuidado com o que vê e ouve nos programas de TV.