Arquivo da tag: Férias

De volta

Lennon BathroomFoi um mês de total desapego ao virtual, ao noticiário e ao F(r)ases da Vida. Como tudo acaba um dia (será mesmo que precisa ser assim?), volto a escrever e atualizar o blog. Espero que meus milhões de leitores gostem das histórias que contarei sobre as aventuras de um outubro atribulado. Mas antes, darei meu pitaco sobre essa nojenta polêmica das biografias, que já deve ter enchido o saco de todo mundo (sorry).

Ah, também falarei de Londres, Liverpool, Barry Gibb e, claro o encontro com Paul McCartney.

Abraços para todos.

Anúncios

Búzios – um lugar para relaxar

A Armação de Búzios é daqueles lugares que estão sempre nos primeiros lugares de qualquer lista que se faça na hora de escolher um lugar para passar férias ou um feriadão, mesmo sem sol. Não há como não concordar que Geribá, Praia Brava e a Rua das Pedras são de um charme impossível de descrever.

Lá, além dos encantos encontrados por Brigitte Bardot, há, hoje, ótimos restaurantes, pimentas inesquecíveis e até mesmo bons lugares para ouvir rock e beber. Quem vai na cidade pode aproveitar as pousadas, que vão das bem simples àquelas paradisiacamente luxuosas.

Experimente as delícias da Empanaderia Real e sua pimenta matadora; do RockA (Praia Brava), com belo visual, camas para se espreguiçar e drinks sensacionais; o The House of Rock and Roll; e o Aquarium, um restaurante com um visual e um cardápio imperdíveis.

Pode parecer que esse texto esteja sendo patrocinado pela prefeitura ou pelos donos dos estabelecimentos citados, mas as fotos devem comprovar que tudo é fruto do meu constante deslumbramento.

Já estou com uma nova reserva marcada para um fim de semana próximo.

PS: Até mesmo um condomínio para botafoguenses encontrei por lá. Mundo Bizarro!

Londres e Nova York 2

leisure-inn-hotelComo estava contando no post anterior, entro no táxi na estação de Paddington, falo o endereço do hotel e recebo um grunhido com sotaque cockney (típico da capital inglesa e bem difícil de entender). Senti que não agradei, mas não me toquei do porquê, que só descobri quando, após parcos 3 minutos, cheguei na porta do hotel. Dava para ir a pé e o motorista não ficou feliz. Azar o dele.


O Hotel

leisure-inn-bedroom2Passei alguns meses pesquisando e fazendo negociações com vários hotéis. No fim, fechei com o Leisure Inn, que fica pertinho do Hyde Park e a um quarteirão da estação de Queensway. Fechei uma tarifa ridícula para ficar em um quarto com banheira e frigobar.

Claro que não foi assim, simples. Depois de um mês negociando com a gerente, fiz o pagamento adiantado com o cartão de crédito e quando mandei um e-mail para confirmar se haviam recebido o crédito…NADA! Pânico total. Não resisti e liguei. Tremi quando a pessoa do outro lado da linha me disse que a gerente tinha entrado de férias. Perguntei se ela podia confirmar minha reserva e a resposta foi do tipo: “Se disseram que a reserva está feita, está feita”. Estava. A gente não se acostuma com esse tipo de atitude em lugar nenhum do mundo.

Óbvio que todos os prédios da rua eram super parecidos, pintados de branco e o meu era o mais modesto. Achei ótimo.

ticket-de-transporte-de-londresDeixei minhas coisas no quarto e resolvi partir para o Centro da cidade buscar meus passes de ônibus e metrô e dar o primeiro reconhecimento na cidade. Antes, pergunto para a simpática recepcionista para que lado fica a estação de metrô. A resposta (errada) confirmou algo que concluí só no fim da viagem: Ninguém conhece aquela cidade.

Continua….