Faça uma caminhada virtual pelo Central Park

Faça uma caminhada virtual pelo Central Park

01/06/2020 0 Por Fernando de Oliveira

Esqueça da pandemia e das manifestações que estão acontecendo por lá e conheça ou relembre como é o Central Park, o maior parque da cidade de Nova York

Central Park

Enquanto o Governo dos Estados Unidos proíbe a entrada de pessoas vindas do Brasil por conta da pandemia do novo coronavírus e os protestos contra a violência policial contra os negros acontecem, Nova York é uma cidade fora do nosso alcance.

Mas há maneiras de conhecê-la ou matar a saudade de alguns dos pontos principais da Grande Maçã. O Central Park, por exemplo, é um desses pontos. Veja o vídeo de uma caminhada pelo parque que colocamos neste post.

Aproveite as condições desse pacote do Clube Hurb, parceiro do Blog do Feroli. Clique e faça sua reserva pelo link da imagem

Inaugurado em 1857, o Central Park tem dimensões aproximadas de 4000 m x 800 m, ele é duas vezes maior que o principado de Mônaco e recebe (em tempos “normais”) cerca de 42 milhões de visitantes.

Nele há lagos, restaurantes, um parque de diversões, trilhas, gramados e até um castelo, entre muitas das suas atrações.

Central Park

Um drink no The Loeb Boathouse é uma experiência que não deve ser perdida

Ir até lá e não tomar um drink no The Loeb Boathouse, não levar o filhote no carrossel ou não prestar sua homenagem ao ex-beatle John Lennon no memorial Strawberry Fields são pecados mortais.

Separamos um vídeo de uma caminhada pelo parque. São mais de 50 minutos de uma caminhada por praticamente todos os pontos do parque.

Aproveite!

Muito coisa para conhecer (dentro e fora do Central Park)

O formato retangular do parque faz com que ele se encaixe perfeitamente no desenho da cidade. É possível conhecê-lo a pé, de bicicleta ou de charrete. Os carros até passam por dentro do Central Park, mas devem ser evitados. Não tem graça.

Para conhecer todo o parque são precisos (muitos) dias. E nenhum desses dias será igual ao outro!

Para complicar, o Central Park tem várias atrações no seu entorno, como o Metropolitan Museum of Art, outra parada obrigatória para os turistas.

Como chegar

Como sempre, a melhor maneira de se locomover por Nova York é o metrô. Há várias estações que dão acesso ao parque, mas recomendamos começar pela estação da rua 59–Columbus Circle (servida por praticamente todas as linhas do metrô — A, B, C, D, 1 e 2).

Partindo desse ponto, é possível conhecer o parque de um dos pontos mais centrais da cidade.

Como ele cruza e divide a cidade, o Central Park é muito bem servido de linhas de ônibus. O problema é mesmo o trânsito da cidade, sempre infernal. As linhas M1, M2, M2, M4, M5, M7 e M10 são as melhores opções para se chegar até lá (na maioria dos casos).

BannerROTEIROS-blogdoferoli

Aproveite esta e muitas outras dicas de viagem com os nossos roteiros personalizados. Entre em contato e encomende o seu — basta clicar no banner!

Vá sem medo

O Central Park, assim como toda a cidade de Nova York, já foi um lugar violento e perigoso. Porém, isso mudou. Em todo o ano de 2019 foram registrados menos de 100 crimes. Claro que isso não significa que não devamos tomar cuidado. Afinal, segurança total não existe.

Esperamos que a proibição da entrada de brasileiros nos EUA acaba e que a pandemia seja controlada logo. Nova York e o Central Park nos esperam sempre.

O Strawberry Fields reúne fãs do ex-beatle John Lennon todos os dias

Veja algumas imagens do Central Park