Twitter alcança a marca de meio bilhão de contas. Brasil é 2° país na rede

10/10/2012 0 Por Fernando de Oliveira

O Facebook anunciou recentemente a marca de 1 bilhão de pessoas conectadas, mas o Twitter, meses antes, também anunciou uma marca importante. Sucesso total dos dois.

O Twitter alcançou, em junho, a marca de meio bilhão de contas criadas, segundo estudo realizado pela Semiocast, empresa com sede em Paris, que realiza pesquisa sobre mídias sociais.

Os Estados Unidos representa o maior número de novas contas desde o começo do ano – mais de 140 milhões. Mesmo assim, os resultados da pesquisa mostram que o número de usuários norte-americanos na rede está caindo. Em janeiro de 2012, o país representava 28,1% dos usuários. Em julho, esse número foi para 27,4%.

Já o Brasil foi o país que mais cresceu, com 41,2 milhões de usuários – contra os 33,3 milhões registrados em janeiro. Isso representa apenas 8% do total. No entanto, no ranking de mais tweets postados, o País representa apenas 6,6% – porcentagem menor que o esperado, se levar em conta que ele é o segundo país na classificação de contas criadas.

O terceiro lugar ficou com o Japão, que, mesmo com essa classificação, continua sendo o país com usuários mais ativos – 10,6% de todos os tweets postados eram provenientes de lá, apesar de representar apenas 6,7% dos usuários e com um número menor de novas contas criadas (cerca de 35 milhões). Por conta desses valores, a língua japonesa conquistou também o posto de segunda língua mais falada no Twitter – perdendo apenas para o inglês.

No ranking de postagens de tweets, São Paulo ficou em 4º lugar, perdendo apenas para Tókio (segunda posição) e Londres, que ficou em terceiro lugar. Outra cidade brasileira que entrou para o ranking foi o Rio de Janeiro, que alcançou a 16º posição. O primeiro lugar de cidade mais ativa na rede social ficou com Jacarta, capital da Indonésia, representando 27% de todos os tweets públicos. Bandung, a segunda maior área metropolitana, ocupa o 6º lugar, seguido por Paris, Los Angeles e Chicago.

Apesar de representar a maior nação no Twitter, os Estados Unidos só aparecem na lista de cidades mais ativas em 5º, representado por Nova York – com 0,4% dos tweets. Ironicamente, São Francisco – terra natal da rede social – representa menos de 0,2% do total de postagens no site. Ela nem chegou a entrar para o ranking, que apresenta apenas as 20 cidades mais ativas.

A pesquisa mostra ainda outro sinal da globalização do serviço. A Semiocast afirma que o árabe segue forte no Twitter e é a sexta língua mais popular do site, respondendo por 2,8% de todos os tweets. O número de usuários da Arábia Saudita cresceu 93% em seis meses – chegando a 2,9 milhões.

A pesquisa foi realizada com base em uma amostra de 1.058 milhões de tweets públicos registrados no mês de junho.

Fonte: IDG Now!