O amor é mesmo uma merda

26/04/2010 6 Por Fernando de Oliveira

Ele dói, te faz sofrer, passar noites em claro e, normalmente, é cruel. Em aproxiadamente 91,74% das vezes acontece com alguém que não merece nem mesmo a sua consideração e mesmo assim é procurado por todos.

Não é que eu não ligue, é que eu não me importo.

Com o tempo há sempre o perigo da rotina que, de uma hora para outra, pode mudar planos e acabar com sonhos, mas também há a possibilidade do amor amadurecer e das pessoas chegarem a conclusão de que foram feitos mesmo um para o outro.

E não é que um fazendeiro de Minnesota, nos Estados Unidos descobriu que não há nada que diga “eu te amo” de maneira mais convincente que um coração de 800 metros de comprimento, atravessado por uma flecha colossal, desenhado com estrume na fazenda da sua esposa.

Foi esse o presente de Dia dos Namorados que Bruce Andersland resolveu dar para sua esposa, Beth, com quem é casado faz 37 anos.

E quer saber? Ela gostou.

Com informaçóes da AP e do R7.