Erasmo Carlos homenageia Roberto e o rock’n’roll

28/09/2009 4 Por Fernando de Oliveira

Erasmo CarlosA noite de 25 de setembro vai entrar para a história do rock e da música brasileira. Erasmo Carlos, uma das metades da dupla de compositores mais famosa e bem sucedida do Brasil, estreou seu novo show, baseado no recém lançado CD Rock’n’Roll, no palco do Vivo Rio.

Diante de uma platéia composta por muitos famosos, jornalistas e pessoas menos conhecidas, fazendo de tudo para aparecer, o Tremendão apresentou um espetáculo recheado de guitarras e misturando na dose certa novas cancões e antigos sucessos. Foram seis músicas do novo disco e várias da carreira solo e da fase da jovem guarda.

Produção elaborada e bem humorada

Malu Mader no show de Erasmo CarlosDesde antes de subir ao palco – quando é apresentado um vídeo no qual Erasmo, com voz distorcida, típica dos depoimentos de bandidos para canais de TV, confessa seu vício em rock’n’roll de maneira muito engraçada – é fácil perceber a preocupação com detalhes, seja a luz, os efeitos, o roteiro e os diálogos, sempre divertidos.

A banda, formada por Dadi Carvalho (guitarra), Billy Brandão (guitarra solo), Pedro Loppez (baixo), Luiz Loppez (guitarra) e Alan Fontenele (bateria), os últimos três membros do grupo Filhos de Judith, colocaram peso em todos os números e ainda receberam a preciosa companhia da guitarra de Liminha, no bis.

Repertório para todos os gostos

As canções do disco novo saíram-se bem – talvez com exceção de Jogo Sujo, que pareceu meio deslocada no set list – e os antigos sucessos ganharam vida nova com os arranjos mais roqueiros. Clássicos da jovem guarda como Negro Gato e Lobo Mau ressurgiram cheios de gás.

Erasmo Carlos no Vivo RioErasmo aproveitou para cantar algumas músicas que sempre são relacionadas mais ao parceiro. Como Roberto e Erasmo são uma espécie de Lennon e McCartney e, assim como a dupla inglesa, os dois são os únicos com moral para fazer o que quiserem com as músicas que qualquer brasileiro sabe assobiar. Portanto, a homenagem ao parceiro, acaba sendo uma homenagem a si mesmo, pois quando canta Quero Que Vá Tudo Pro Inferno ou o emocionante medley onde mistura Desabafo / Olha / Proposta / Os seus Botões / Detalhes / Café da Manhã / Cavalgada / Eu te Amo, te Amo, te Amo e Como é Grande o Meu Amor Por Você, o Tremendão acaba fazendo com que muitos lembrem que ele é um compositor que ultrapassa ritmos e tendências.

Cover termina a Festa de Arromba

Passeando por temas como ecologia e as mulheres (claro) Erasmo termina o show de maneira muito engraçada e bem produzida, lembrando alguns dos melhores momentos de shows da também roqueira Rita Lee. As canções do bis – Cover e Festa de Arromba – ganharam a presença do produtor e parceiro Liminha, que protagonizou um ótimo duelo de guitarras.

Roberto Carlos CoverMas, sem dúvida, foi na apresentação de Cover que ficou óbvio o capricho com o espetáculo, que deve (tomara) correr o país. O palco foi invadido por sósias de figuras como Elvis Presley, Charles Chaplin, Marylin Monroe e, claro, Roberto Carlos, que distribuiu várias rosas para a platéia, já em êxtase pelas quase duas horas de prazer ininterrupto.

Erasmo Carlos é responsável por grande parte da trilha sonora musical da vida dos brasileiros e, aos 68 anos, mostra energia de garoto. A voz continua a mesma (com suas qualidades e defeitos) e a figura meio desajeitada no palco também. Mas Rock’n’Roll é, muito provavelmente, um dos melhores (senão o melhor) show do artista em toda a sua carreira.

Nota: 10


As canções:

1. Jogo Sujo
2. Sou uma Criança, Não Entendo Nada
3. Mesmo que Seja Eu
4. Mulher / Minha Superstar
5. Chuva Ácida
6. Negro Gato
7. Noturno Carioca
8. Gatinha Manhosa
9. Sentado à Beira do Caminho
10. Panorama Ecológico
11. É Preciso Saber Viver
12. Desabafo / Olha / Proposta / Os seus Botões / Detalhes / Café da Manhã / Cavalgada / Eu te Amo, te Amo, te Amo/ Como é Grande o Meu Amor Por Você
13. Olhar de Mangá
14. A Guitarra É uma Mulher
15. Quero que Vá Tudo pro Inferno
16. Lobo Mau (The Wanderer)
17. Minha Fama de Mau
18. Vem Quente que Eu Estou Fervendo
19. É Proibido Fumar

Bis:
20. Cover
21. Festa de Arromba

Fotos: Ag. News