Sextou, mas você ainda não está bêbado: tem dois Will Smith neste trailer!

Sextou, mas você ainda não está bêbado: tem dois Will Smith neste trailer!

26/07/2019 Off Por Débora Thomé

O novo filme do diretor Ang Lee traz, graças ao avanço da tecnologia, a possibilidade de fazer um ator contracenar com ele mesmo, só que mais jovem. O sortudo é Will Smith!

Na década de 1970, “Gemini Man” era um agente secreto com o poder de se tornar invisível. Por aqui, a série era conhecida como “O homem invisível”, uma produção de 1976 da NBC estrelada por Ben Murphy. Agora, em pleno 2019, “Gemini Man” chega aos cinemas e, ainda ficção científica, aborda clonagem.

O filme, que vai se chamar “Projeto Gemini” por aqui, tem direção de Ang Lee (o aclamado cineasta de “O Segredo de Brokeback Mountain” e “Aventuras de Pi”).  O longa demorou mais de 20 anos para finalmente ser realizado. A questão era a necessidade de uma tecnologia que tornasse crível a história de um homem duelando com um clone jovem dele mesmo.

E ninguém menos do que Will Smith é o assassino de elite que confrontará sua versão mais jovem. Mais jovem ,ainda, do que nos tempos de “Um maluco no pedaço”.

Aperte o play e confira o trailer divulgado pela Paramount:

“É uma honra trabalhar com Will Smith e, graças à nova tecnologia, eu tenho dois deles”, disse o diretor, Ang Lee.

O elenco ainda traz Clive Owen, Mary Elizabeth Winstead e Benedict Wong. O criador de Game of Thrones, David Benioff, escreveu o roteiro com Billy Ray e Darren Lemke.

A estreia é em 10 de outubro.

A tecnologia que rejuvenesce

Os cuidados para a criação do clone — mais parecido com Will Smith do que ele mesmo aos 23 anos —, começaram já no processo de filmagem. Ang Lee filmou a 120FPS (frames por segundo). Em geral, as produções padrão têm 24 quadros por segundo, com câmera 3D e resolução de 4k.

Numa entrevista para o site Indie Wire, o supervisor de efeitos visuais do filme, Bill Westenhofer, explicou o passo a passo para recriar Will Smith com 23 anos.

“O clone é uma personagem importante no filme. Está em mais de 40 cenas, em mais da metade do filme, desempenhando performances muito emocionantes”, disse Westenhofer, que trabalhou com Lee em “As Aventuras de Pi” (2012).

gemini-man-will-smith-dobro-blogdoferoli

Will Smith e seu clone, criado a partir de captura de movimentos, ou mocap (Foto: Divulgação/Montagem)

“Nossa metodologia completa envolve uma combinação de cenas onde Will Smith interpreta seu ‘eu’ jovem usando um macacão apropriado e um equipamento de captação de movimento na cabeça. Essas cenas foram feitas no set
e cobrem toda a ação onde as versões jovens e antigas não estão na tela juntos”, completou.

A Weta Digital, produtora de Peter Jackson, diretor de “O Senhor dos Anéis”, também está na empreitada.

Confira, no vídeo a seguir, os detalhes do trabalho de efeitos visuais em “Gemini Man”.

Will Smith contracenando com Will Smith

Will Smith é Henry, um assassino de elite cinquentão que, é claro, está tentando sair do jogo. Infelizmente, Junior, seu clone, está na sua cola, enviado pelo chefão dos mercenários, interpretado por Clive Owen. Mas como será que foi para Will Smith contracenar com… Will Smith?

Em um coletiva de imprensa, o ator revelou que o diretor Ang Lee pediu a Smith que atuasse pior em suas cenas como Junior.

“Ele dizia: ‘Preciso que você seja pior’. E me mostrava algumas das minhas antigas performances, e dizia ‘veja isso, como referência. Isso não é bom. Eu preciso que você faça isso’”.