Guerra comercial entre EUA e China pode afetar a Apple

Guerra comercial entre EUA e China pode afetar a Apple

23/05/2019 0 Por Fernando de Oliveira

Veto à Huawei pode fazer com que Governo Chinês retalie a Apple

As restrições impostas pelos Estados Unidos a Huawei — gigante chinesa do setor de telefonia móvel — podem acabar respingando em outra gigante do setor: a Apple.

O governo Trump impediu que empresas do país façam negócios com a Huawei. Assim, companhias como o Google, Qualcomm e Intel, deixaram de negociar hardwares e softwares com os chineses.

O que talvez Trump & Cia não tenham se dado conta é de que a vingança pode ser maligna.

E a Apple?

Apple x Huawei

O problema desse veto é que, apesar de prejudicar mundialmente a Huawei, ela ainda poderá conseguir arrumar alguma saída, já que praticamente inexiste nos EUA. Por outro lado, a Apple é uma empresa com forte representação no mercado chinês e com vários dos componentes do iPhone fabricados por empresas chinesas.

Circuitos, baterias, alto-falantes, microfones e receptores, por exemplo, são algumas das peças que podem deixar de ser fornecidas para a Apple. O que isso pode significar? Um aumento nos custos de fabricação e, lógico, nos preços ao consumidor.

Ah, boa parte dos aparelhos também são montados na China.

Sistema operacional

O maior problema da Huawei é encontrar um substituto para o sistema operacional Android, mas Trump resolveu dar mais três meses para que a situação seja resolvida.

O resultado desse veto ainda é incerto, mas a briga promete ser boa e são grandes as possibilidades de que haja respingos para todos os lados. Tudo isso, sem saber ainda qual a posição que as empresas europeias vão tomar.