Jake Bugg – A crítica

29/05/2013 0 Por Fernando de Oliveira

Jake BuggA capa e o climão das músicas têm sim um quê de Bob Dylan, Everly Brothers e outros sons dos anos 60, mas seria injusto comparar o jovem Jake Bugg (de apenas 19 anos) com o velho Dylan.

O rapaz mostra potencial e reuniu uma série de inspiradas canções que vão emocionar. Logo no início do álbum, a ótima Lightning Bolt dá as boas vindas ao ouvinte. O disco passa pelo rock, o folk e conta até mesmo com uma bela balada Broken, o que serve para reafirmar o talento de Bugg como compositor. Vale ressaltar que as 14 faixas do disco têm a autoria do rapaz.

Como cartão de visitas, esse primeiro álbum deixa uma grande expectativa sobre o futuro da carreira do jovem Bugg, que em nada se parece com os “astros” pré-fabricados. Um disco que pode emocionar os amantes do som dos anos 60.


Uma versão deste texto foi publicado no jornal O Fluminense

Anúncios