Antidepressivo pode reduzir avanço de tumores

23/06/2012 0 Por Fernando de Oliveira

Uma equipe de pesquisadores taiwaneses descobriu que o antidepressivo Mirtazipine pode reduzir o avanço de tumores de câncer colorretal, afirmou nesta quinta-feira o diretor do projeto, Fang Chun-kai, do Hospital Mackay de Taipé.

“No estudo, as cobaias que foram tratadas com Mirtazipine viveram 67 dias em média, enquanto as que não receberam medicamentos só viveram 43 dias”, disse Fang em entrevista coletiva. Segundo o pesquisador, este remédio não cura o câncer, mas desacelera seu crescimento.

O médico iniciou essa pesquisa após constatar que os pacientes com câncer colorretal que eram submetidos ao tratamento contra depressão com Mirtazipine apresentavam um atraso no crescimento tumoral. “Este medicamento melhora o sistema imunológico, eleva os níveis de serotonina e reduz o fator de necrose nos tumores”, disse o professor de radiologia da Universidade Yang Ming John J.J. Hwang, que explicou que agora vão realizar o estudo em outros tipos de câncer.

Os resultados da pesquisa serão publicados neste mês na revista científica Public Library of Science One.

Fonte: EFE