Fim do R7 e da Record News?

18/02/2012 0 Por Fernando de Oliveira

Após um ano de liberdade, ontem (17 de fevereiro) circulou a notícia de que a Record iria descontinuar dois de seus produtos: a Record News e o R7. Os boatos sobre a Record News já são antigos e a possível decisão sobre o R7 bastante plausível, por conta dos rumos que foram escolhidos pelos gestores do projeto.

Tanto o hardnews quanto as sessões mais light se perdem em apurações mal feitas, pautas estapafúrdias, ideias sem sentido, além claro, de edições sofríveis (ache, por exemplo, uma notícia sobre música – que não seja fofoca – na sessão correspondente).

Muitos profissionais poderão perder seus empregos e terão muitas dificuldades em se reposicionar, levando em consideração os salários pagos pela Record e a qualidade das pessoas que os recebem.

Abaixo segue a íntegra da notícia publicada no Adnews. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos!

Ah, a empresa do Bispo Macedo negou o fato.

Record News e R7 serão encerrados
17 de fevereiro de 2012 · 10h03

O martelo foi batido: a Record News será descontinuada e, junto com ela, vai também o R7. A notícia já circula entre funcionários da Record e foi oficializada à alta cúpula do grupo. A decisão partiu diretamente dos donos.

Segundo informações apuradas pela reportagem do Adnews, os dois produtos não conseguem justificar os investimentos, por isso serão encerrados. O grupo, no entanto, nega, diz que “continua normalmente a programação da Record News e o R7, também”.

A Record News foi lançada em 27 de setembro de 2007, mas em quatro anos de atividades não conseguiu alavancar na audiência, o que consequentemente a transformou em fracasso comercial.

Em janeiro, já havia circulado a informação de que a emissora sairia do ar no dia 31 daquele mês, mas o grupo desmentiu dizendo que “alcança resultados satisfatórios em faturamento e audiência” com o produto e garantiu sua permanência pelo menos até julho, quando terá uma cobertura especial durante os Jogos Olímpicos de Londres.

Já o R7 apareceu também em um 27 de setembro, mas dois anos depois. O portal nasceu com um time de 160 jornalistas e hoje conta com 300; no total, mais de 500 pessoas trabalham para o R7. Ainda não se sabe como a Record tratará a internet. O mais provável é que entre no lugar do R7 um site institucional.

Entenda

Os planos da Record para o segmento “all news” não deram certo. Em fevereiro de 2011, mais de três anos depois do lançamento do Record News, o grupo tirou da CBN o jornalista Heródoto Barbeiro para empreender um novo projeto.

Além de âncora na TV, Barbeiro comandaria uma rede nacional de rádios que surgiria com a criação da Rádio Record News. Chegou-se inclusive a se especular que havia conversas com a Rede Transamérica para viabilizar a ideia. Mas acabou por naufragar a tentativa de Edir Macedo de bater de frente com as grandes que só transmitem notícias no rádio.

Por Leonardo Pereira e Marcelo Gripa

Matéria originalmente publicada no Adnews