Paul in Rio 2.0 (parte I) – A saga do Hot Sound (22 de maio de 2011)

Mariana, Toninho, Maria Isabel, Jo, Eu e Francisco

Para quem não sabe, além dos ingressos normais, os fãs de Paul McCartney podem optar por um pacote VIP que dá direito a um coquetel/almoço vegetariano no local do concerto, entrar no estádio e assistir a passagem de som, além de ter acesso a área da Pista Prime antes da abertura dos portões, o que garante as primeiras filas em frente ao palco.

Depois da ótima experiência em Porto Alegre no ano passado, ficou claro que essa era a melhor opção para o retorno de Paul ao Rio. Afinal, é a nossa casa. Vários amigos ficaram indignados com o investimento, mas acabaram sucumbindo e levando até filhos. No fim, os 200 felizardos acabaram protagonizando uma grande confraternização de amigos – apesar de cada um procurar o melhor lugar para ficar.

O esquema

As mesas da tenda VIP e seus quitutes vegetarianos

O ingresso para o Hot Sound não é vendido nos mesmos canais dos outros tickets. É preciso acessar o site oficial de Paul McCartney e procurar pelos pacotes VIP. Depois disso, você recebe um e-mail dizendo que cerca de uma semana antes do show eles enviarão os detalhes sobre o seu pacote. Ai, o coração aperta e começa a agonia até a chegada do tal e-mail.

Ao receber a confirmação, fica-se sabendo que o dinheiro gasto só será devolvido caso TODOS os eventos do dia sejam cancelados. Por isso, começamos a olhar todas as previsões do tempo e fazer a dança do sol. Afinal, com chuva, o velho Macca pode decidir se resguardar de possíveis tombos e acidentes.

A chegada ao Engenhão é tranquila, a fila especial para o Hot Sound pequena e o sol – bem menos escaldante que o de Porto Alegre – presente. Engraçado ver a expectativa e total falta de conhecimento do que estaria para acontecer no rosto dos novatos.

Minutos antes do início da passagem de som

Ao entrar no estádio, somo conduzidos para uma tenda, onde ganhamos uma bolsa do Paul, uma credencial – que não serve para nada além de souvenir – e o programa do show. Depois, confortavelmente alojado em mesas redondas, somos bombardeados com canapés e salgadinhos veggie. Todos, acreditem, muito bons e com ingredientes nada fora do convencional. Lá estavam batatas, pepinos, cream cheese, tomates, etc. Também havia vinho, cerveja, uísque, sucos, refrigerantes, café, etc. Mesmo assim, a fome bate após horas e horas de espera. Afinal, você entra no estádio por volta de meio dia e o show começa 21h30.

Mas, o que todos aguardam mesmo é a chance de assistir ao ensaio de Paul e banda. Isso acontece lá por volta de 15h30 e é grande a correria para conseguir o melhor lugar na primeira fila do soundcheck. A esperança é sempre que Paul esteja animado, generoso e que chame alguém para cantar com ele no palco.

Um trecho da primeira fila do soundcheck

Nesse dia, Paul pareceu – num primeiro momento – menos animado (ou mais preocupado) que em Porto Alegre. Mas começou logo soltando a voz no rockão Honey Rush e abriu o sorriso da galera, enchendo os corações de esperança por um repertório cheio de canções que não fazem parte do seu setlist. Não deu outra. Com exceção de All My Loving, 1985, Dance Tonight, Yesterday e Lady Madonna, todas as demais canções não são apresentadas no show (veja o setlist completo no fim do texto). A cereja do bolo foi Ebony and Ivory, tocada depois que Macca viu o cartaz com o título da música, carregado por um fã. Novamente tivemos um Parabéns Para Você, em homenagem a um dos felizardos do Hot Sound.

Participar de um evento como este é daquelas coisas que, diferentemente de itens de coleção, você não vai pode ficar admirando sempre que quiser, mas jamais sairá da sua memória. Foram pouco mais de 60 minutos, mas daqueles que fazem a arte de viver valer à pena.

Na próxima parte: O Show!

Confira o que foi tocado

Jam (banda sem Paul)
Honey Rush
Honey Don’t
Blue Suede Shoes
Flamming Pie
All My Loving
Ebony and Ivory
C’Moon
Don’t Let The Sun Catch You Crying
1985 (with outro Bando n the Run)
Happy Birthday (to Catarina) / She’s A Jolly Good Fellow”
Everynight
San Francisco Bay
Sun is Shinnig
Dance Tonight
Ram On
Circus Jam (while Brian was getting a girl called Renata to Paul to sign a photograph)
Yesterday
Jam (intro to Lady Madonna)
Lady Madonna

Anúncios

Uma consideração sobre “Paul in Rio 2.0 (parte I) – A saga do Hot Sound (22 de maio de 2011)”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.