I’ll Be On My Way

03/12/2009 0 Por Fernando de Oliveira

John Lennon e Paul McCartney ajudaram muitos artistas nos anos 60 – principalmente os de Liverpool ou com alguma ligação com George Martin ou Brian Epstein – dando canções que eles considerevam de segunda linha. Algumas dessas canções chegaram ao topo da parada enquanto outras serviram apenas para deixar seus intérpretes na mídia.

Recentemente fiz uma reaudição de quase todas as canções que Lennon  e McCartney gave away. Entre elas está uma favorita, I’ll Be On My Way. Embora a versão oficial de Billy J. Kramer and The Dakotas seja pobre, se comparada com a versão que os Fab Four tocaram na rádio BBC, a melodia simples e a letra ingênua ainda são capazes de encantar.

Para quem não conhece, uma pérola desconhecida da genialidade de dois grandes compositores ainda desenvolvendo seus talentos.

I’ll be On My Way
Lennon & McCartney

The sun is fading away,
that’s the end of the day

As the Junelight
turns to moonlight
I’ll be on my way

Just one kiss, then I’ll go
Don’t hide the tears that don’t show

As the Junelight
turns to moonlight
I’ll be on my way…

…to where the winds don’t blow
and golden rivers flow

This way will I go
They were right, I was wrong
True love didn’t last long

As the Junelight
turns to moonlight
I’ll be on my way

To where the winds don’t blow
and golden rivers flow
This way will I go
They were right, I was wrong
True love didn’t last long
As the Junelight

turns to moonlight
I’ll be on my way, hey

I’ll be on my way, ooh
I’ll be on my way, ooh
I’ll be on my way