Uma historinha antes do show de Elton John no Rio

15/01/2009 1 Por Fernando de Oliveira

Quando comecei a gostar de música meus artistas preferidos eram (na ordem) Elton John e Beatles. Hoje eles ainda estão entre os meus favoritos, mas Elton perdeu posições no ranking. Apesar de ainda ouvir e ter a gravação (oficiais ou bootlegs) de pelo menos um show de cada ano (de 1970 até 2003), não tenho como negar que não dou mais a mesma atenção para a sua produção mais recente, que costumava dar até meados dos anos 80.

Os dois primeiros LPs que comprei com meu próprio dinheiro, na extinta Disk Bolos, na Praça Saens Peña,  foram Let it Be (Beatles) e Blue Moves (EJ), que, coincidentemente, acho os piores discos de cada artista até então. No caso de Blue Moves a coisa foi ainda pior: o disco era duplo e me arrependo até hoje do dinheiro gasto nele.

Não eram as roupas estranhas ou os óculos bregas que me atraiam, mas sim a beleza das melodias (ainda não tinha idéia do que diziam as letras). Mais tarde, quando consegui descobrir o que Bernie Taupin havia escrito, o respeito pelo pop honesto de Elton cresceu ainda mais. Afinal, música pop devia ser assim mesmo: colante no ouvido e com mensagens divertidas. As canções com mais poesia são um plus, que Bernie dava ao parceiro.

Foram anos aguardando a passagem de uma turnê pelo Brasil e, finalmente, quando acontece (15/11/2005), acaba sendo marcada para o estádio da Gávea. Uma decepção total de um show sem muita inspiração (que tenho em CD até hoje), embora com uma banda de primeira linha.

Foram mais 13 anos de espera até 2009 e espero que a coisa toda mude de tom na segunda-feira.

Saiba como deverá ser o show e conheça a fama de Elton em ser o Silvio Caldas inglês.

Abaixo, dois clips onde boa música e roupas estranhas se fundem.

Lucy in the Sky With Diamonds


Crocodille Rock (com os Muppets)


Ouça as canções do blog

play-musicasdavida-playlist