Algumas tradições natalinas curiosas ao redor do mundo

Algumas tradições natalinas curiosas ao redor do mundo

25/12/2020 0 Por Fernando de Oliveira

Para esquecermos da loucura que foi esse ano, separamos duas tradições natalinas bem diferentes, na Irlanda e na Romênia

BannerROTEIROS-blogdoferoli

Aproveite esta e muitas outras dicas de viagem com os nossos roteiros personalizados. Entre em contato e encomende o seu — basta clicar no banner!

O mundo é estranho, como diz uma amiga, e encontrar tradições que parecem fazer sentido apenas para as comunidades onde são preservadas não deveria causar surpresa, mas causa.

As “esquisitices” são muitas ao redor do globo, mas separamos duas que mostram que precisamos de mais tradições.

Corais e dança de ursos

Na Romênia, ao que parece, os corais são coisa séria. Durante as festas, crianças vão de porta em porta para cantar

O diferente é que as crianças vão sempre acompanhadas de outras vestidas de urso. Diz a lenda que, em tempos remotos, um urso de verdade acompanhava as crianças (será?).

Além disso, na localidade de Bucovina, no interior do país, as crianças fazem uma dança especial chamada Ursul. A ideia é afastar os maus espíritos do ano que está para vir (parece que não funcionou muito na virada de 2019 para 2020).

Pode parecer um evento bobo, mas é muito importante por aquelas bandas.

Irlanda tem o “Dia das Mulheres”

Tradições natalinas

Em tempos nos quais as mulheres ganham mais e mais poder em todas as áreas, uma tradição de séculos já mostrava a força das mulheres irlandesas.

O Nollaig na mBan (Natal das Mulheres) é celebrado no último dia do Natal (6 de janeiro). Nessa data, os homens ficam em casa e as mulheres saem para celebrar, se divertir e, literalmente, fazer o que quiserem.

[ppromo_passagens origin=”RG_BRASIL” destination=”RG_IRLANDA” limit=”3″ show_logo=”true” /]

Dizem que esse dia seria um reconhecimento pelo trabalho duro exercido por elas durante todo o ano, mas as versões são muitas. Essa é uma das tradições natalinas mais respeitadas, principalmente no interior do país.

Seja lá qual for a verdadeira razão da comemoração, o importante é saber que os celulares e smartphones ficam desligados e a festa rola solta. Até mesmo bares e pubs ficam cheios apenas de mulheres.

Give Ireland Back to the Irish!