Paul McCartney anuncia novo disco totalmente solo

Paul McCartney anuncia novo disco totalmente solo

21/10/2020 0 Por Fernando de Oliveira

“McCartney III” segue a linha de seus dois antecessores e é gravado em casa, com Paul tocando todos os instrumentos. Álbum será lançado em 11 de dezembro

O maior astro vivo do rock não para. Aos 78 anos, Paul McCartney é um dínamo. Nesta quarta-feira (21), o ex-beatle acaba de anunciar o lançamento de mais um álbum: “McCartney III”, para dezembro.

Seguindo os mesmos passos de “McCartney” (1970) e “McCartney II” (1980) (leia a crítica dos discos aqui) o novo álbum foi gravado no estúdio da fazenda de Paul em Sussex (no interior da Inglaterra) com Paul tocando todos os instrumentos.

— Eu estava trancado na minha fazenda com a minha família e acabava indo para o estúdio todos os dias. Tinha algum trabalho para fazer em uma música para um filme e isso acabou se transformando na faixa de abertura do novo álbum. Aí pensei: O que eu faço agora? — disse o músico ao site MSN.com sobre como nasceu McCartney III.

Além disso, todas as fotos (que costumavam ser de autoria de Linda McCartney) são feitos por membros da família (a filha, Mary, e o sobrinho, Sonny).

Clique e peça a sua cópia em CD

Repertório de várias décadas

Talvez a grande diferença desse “McCartney III” em relação aos irmãos mais novos seja a escolha do repertório. Se em 1970 a maioria das canções eram recentes (algumas até ensaiadas pelos Beatles), e em 1980 a grande parte foi sendo construída enquanto Paul gravava cada um dos instrumentos, isso mudou em 2020.

Dessa vez Macca misturou canções recentes, com outras que foram sendo compostas durante o processo de gravação e algumas que estavam “na gaveta” por algumas décadas.

— Eu tinha algumas coisas nas quais tinha trabalhado por alguns anos, mas que nunca ficaram totalmente prontas. Então, comecei a pensar em trabalhar nelas. Já para outras eu começava gravando um instrumento e então, gradualmente, ia montando camada sobre camada — explicou Paul.

 

McCartney III

Mais um número 1 para McCartney?

“McCartney III” vem praticamente 2 anos depois que o roqueiro lançou o álbum “Egypt Station”, que levou o ex-beatle ao topo das paradas pela primeira vez desde 1982, com “Tug of War”.

Mesmo 50 anos depois da sua separação os Beatles (e seus ex-integrantes) continuam faturando alto.

Há rumores de uma versão comemorativa do álbum “All Things Must Pass”, de George Harrison, teremos um novo filme/documentário sobre as sessões de gravação do álbum Let it Be e, claro, “McCartney III”.

Cocem os bolsos!

Uma versão deste texto foi publicada na Revista Ambrosia