Sabia que é possível acelerar o desembaraço alfandegário nos EUA?

Sabia que é possível acelerar o desembaraço alfandegário nos EUA?

20/10/2020 1 Por Fernando de Oliveira

É possível decolar de alguns aeroportos do mundo já com o processo alfandegário resolvido. Infelizmente, não em aeroportos do Brasil

Aproveite para emitir hoje sua passahem a partir de 4.000 milhas o trecho.

Uma das coisas que me impressionaram lá no início da década de 2000 foi a possibilidade de despachar as bagagens e resolver qualquer problema alfandegário com até 24 horas de antecedência quando estava voltando de Londres para o Rio.

Isso era possível em vários pontos da cidade, inclusive em algumas estações de trem. Uma mão na roda para quem já fez o checkout no hotel e não quer ficar se preocupando com a bagagem.

Nos Estados Unidos, a prática é ainda mais difundida e conta até com parcerias em aeroportos do exterior (veja a lista no fim do post).

Agora, as autoridades alfandegárias americanas anunciaram que estão fechando um acordo com a Bélgica. Não é para agora (o acordo ainda pode demorar até 2 anos para ser implementado), mas a notícia é muito boa.

alfandegário

Desde 1952 há desembaraço alfandegário prévio

Mas, o que pareceu uma novidade nos anos 2000 (e ainda é, pelo menos no Brasil) em nada se compara com uma prática que desde 1952 (!) já acontece nos EUA: o desembaraço alfandegário já no aeroporto de partida. A primeira dessas parcerias foi fechada com o aeroporto de Pearson, em Toronto, no Canadá.

Todo o processo permite que os viajantes que estão indo para os Estados Unidos sejam atendidos diretamente pelos funcionários do governo norte-americano.

Com isso, ficam de fora os funcionários da alfândega do país de origem e já chegam aos EUA com tudo liberado, acelerando o processo de desembarque, que sempre é lento e “doloroso”.

Segundo as autoridades dos EUA, só no aeroporto de Dublin (Irlanda), entre 2014 e 2018, o uso dessa facilidade aumentou em 75%. Em 2019, mais de 22 milhões de pessoas usaram o serviço em todo o mundo.

Etihad - Generic Banners

Mais negociações

Segundo as autoridades alfandegárias dos Estados Unidos, as negociações não estão acontecendo apenas com a Bélgica. Há conversações com o aeroporto de El Dourado (em Bogotá, na Colômbia) e Amsterdã.

Infelizmente, nenhum aeroporto do Brasil está na mira do governo norte-americano para esse tipo de parceria, apesar da tão propagada “boa relação” entre os dois governos.

Veja a lista de aeroportos onde o viajante pode utilizar essa facilidade

  • Irlanda—Dublin e Shannon
  • Aruba
  • Bahamas—Freeport e Nassau
  • Bermuda
  • Emirados Árabes Unidos
  • Canadá—Calgary, Toronto, Edmonton, Halifax, Montreal, Ottawa, Vancouver, Victoria, e Winnipeg