Kleiton & Kledir comemoram os 40 anos de carreira relançando álbum ao vivo

Kleiton & Kledir comemoram os 40 anos de carreira relançando álbum ao vivo

05/08/2020 1 Por Fernando de Oliveira

Dupla gaúcha disponibiliza “Kleiton & Kledir Ao Vivo” (de 2005) nas plataformas digitais enquanto não pode pôr em prática as atividades planejadas para 2020

Veja outros lançamentos de Keiton & Kledir clicando na imagem acima

O ano de 2020 deveria ser de muita atividade para a dupla Kleiton & Kledir. Estavam planejadas uma turnê com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, show em Nova York, lançamento de uma biografia, exposição multimídia, um especial de TV e até mesmo um longa-metragem.

Tudo isso para comemorar os 40 anos de carreira da dupla. Infelizmente, veio a pandemia da COVID-19 e tudo precisou ser adiado. Porém, para não deixar a data passar em branco, os artistas e a gravadora Biscoito Fino decidiram colocar nas plataformas digitais o álbum “Kleiton & Kledir Ao Vivo” (de 2005).

Além do registro em áudio, um vídeo clipe (Corpo e Alma) e o making of do documentário (ambos extraídos do DVD do show), também foram colocados na web (é só clicar nos links).

“Kleiton & Kledir Ao Vivo”, que foi gravado em Porto Alegre, ainda vai ganhar a companhia do documentário completo sobre o projeto, que mostra a dupla viajando de Pelotas a Porto Alegre e lembrando pessoas e lugares importantes em suas carreiras, também estará no canal oficial da Biscoito Fino no YouTube, junto com o show de 2005.

Como não poderia deixar de ser, o álbum traz os principais sucessos da dupla — “Tô que tô”, “Paixão”, “Deu pra Ti”,“Vira Virou” e “Corpo e alma” — e ind conta com participação do irmão Vitor Ramil participa nas canções ‘Estrela Estrela’ e ‘Vento Negro’.

Um detalhe importante é que esse álbum foi gravado depois de um hiato/separação de mais de sete anos, quando os irmãos optaram por desenvolver projetos artísticos (e de vida) solo.

Para quem gosta de boa música e espera pela volta da normalidade, “Kleiton & Kledir Ao Vivo” é um aperitivo do que devemos ter em 2021, se tudo correr bem.

Cotação: **** ½