Importação de vinhos, um negócio de futuro no Brasil

Importação de vinhos, um negócio de futuro no Brasil

02/08/2019 0 Por Fernando de Oliveira

Nos últimos cinco anos a importação duplicou e, com os novos acordos comerciais feitos pelo Mercosul, a tendência é melhorar ainda mais

O Brasil está crescendo em termos de produção de vinhos. Já as importações sofrem com as altas taxas de impostos e o protecionismo da nossa indústria. Mesmo assim, segundo informações da BM News Brasil, as importações de vinhos bateram recorde em 2019.

O aumento — somente entre janeiro e maio foi de 100% em valor e 122% em volume, em comparação com 2015 — mostra um potencial gigantesco, ainda mais quando sabemos que os acordos comerciais feitos recentemente pelo Mercosul com a Europa podem melhorar ainda mais esses números.

Importação de vinhos

Não é para já, mas os vinhos estrangeiros podem sofrer uma redução de até 30% em seus preços. Isso significa que os produtores brasileiros terão que baixar seus custos e/ou margens de lucro para competir com a importação. Não é segredo que os vinhos nacionais são caros e isso deve mudar um pouco.

Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), de janeiro a maio deste ano, foram importados 60 milhões de litros de vinhos e foram negociados US$ 188,9 milhões.

Que esses números cresçam e encham nossas taças.

Tim Tim!

Leia mais sobre vinhos