Mais de 30 milhões de brasileiros vivem em locais sem imprensa

Mais de 30 milhões de brasileiros vivem em locais sem imprensa

13/04/2019 4 Por Fernando de Oliveira

Atlas da Notícia mostra que não há veículos de comunicação em 51% dos 5570 municípios do Brasil

Tão importante quanto a qualidade do jornalismo é fazer com que a notícia seja divulgada. Afinal, a notícia é o fator mais importante dessa equação que pode significar a diferença entre um povo consciente e uma nação sem rumo.

Deserto de notícias

O Atlas da Notícia — projeto do Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (Projor), com pesquisa, análise e publicação dos dados desenvolvida pela agência Volt Data Lab — divulgou que mais da metade dos municípios brasileiros não contam com meios jornalísticos locais, deixando mais de 34 milhões de pessoas desamparadas.

Pior, em 30% das cidades só há um ou dois veículos de comunicação, o que (normalmente) compromete a qualidade do noticiário.

LEIA MAIS SOBRE JORNALISMO NOS POSTS DO BLOG

Local x nacional

Outro ponto importante é que, por mais que os veículos e o noticiário nacionais sejam importantes, o que as pessoas querem mesmo são notícias locais.

Querem saber se aquele buraco na estrada foi consertado ou e aquela ponte que estava em péssimo estado foi restaurada. Querem saber dos times da sua região e não se um grande clube de outro estado mandou embora o seu treinador.

Atlas da Notícia

Ainda há muitos grandes grupos de comunicação sofrendo com a globalização e tentando cortar custos com a junção de notícias de várias praças em detrimento do dia a dia de cada lugar.

Esse dilema é mais visível (ou audível) nas rádios, onde não cansam de pipocar experiências (mal sucedidas em sua maioria) onde se tenta nacionalizar o ouvinte.
Ainda segundo o Atlas da Notícia, quase 60% dos veículos de comunicação brasileiros são de rádio ou impresso. Foram catalogadas 4007 iniciativas de rádio, 3368 jornais impressos, 2773 veículos de televisão, 2263 iniciativas online e 56 revistas. Os desertos de notícia são mais presentes nas regiões Norte (70% dos municípios) e Nordeste (64%). A região Sudeste (38%) é a que menos tem vazios de iniciativas jornalísticas.

Triste, não?

Para saber mais sobre o Atlas ou ver todos os dados, acesse esse link.

Com informações do Comunique-se