Dica de Viagem: Evite o Brooklyn, pelo menos por enquanto

Dica de Viagem: Evite o Brooklyn, pelo menos por enquanto

02/04/2019 0 Por Fernando de Oliveira

Manutenção da linha L do metrô de Nova York promete alguns transtornos e viagens mais longas  do Brooklyn até Manhattan

O Brooklyn tem uma série de atrativos. Uma ótima arena com excelentes shows e várias propriedades para alugar que são bastante em conta. Além disso, a travessia da ponte que liga até Manhattan é programa obrigatório. O problema é o furacão Sandy.

Peraí, o Sandy não foi em 2012? Sim, mas os estragos causados por ele ecoam até hoje. Os túneis foram inundados com água salgada, acelerando a deterioração de vários de seus elementos que agora necessitam de manutenção.

O metrô da linha L, que serve o Brooklyn

Paralisação será parcial, e não total

Num primeiro momento, a Metropolitan Transit Authority (MTA) — organismo responsável pelo transporte metroviário — havia programado uma paralisação total do tráfego entre o Brooklyn e Manhattan por 15 meses.

Porém, em janeiro, voltaram atrás e anunciaram apenas aumento nos intervalos durante o período noturno e nos fins de semana.

Segundo autoridades da MTA, serão usadas novas tecnologias que permitiram a continuidade do serviço. O aumento nos intervalos acontecerão a partir das 22h, nos dias de semana, e 20h, nos fins de semana, indo até as 5h.

Pode parecer pouco, mas impacta muito na vida de um turista.

Aproveite essa e muitas outras dicas de viagem com os nossos roteiros personalizados. Entre em contato e encomende o seu

As razões oficiais para a mudança são inexpressivas quando colocadas ao lado do caos que uma paralisação total causaria ao trânsito de Nova York. E olha que ele já é péssimo mesmo quando tudo funciona perfeitamente. Afinal, 250 mil pessoas seriam impactadas pelo fechamento total da linha L.

Serviços extras

Mesmo com a promessa de que os impactos serão mínimos, a MTA optou por oferecer um serviço de ônibus para ligar as linhas L and G, da Metropolitan Avenue até a Lorimer Street, além das linhas J and M na Marcy Avenue.

Isso significa que quem quiser se hospedar por lá precisa estar atento aos avisos e possíveis mudanças de planos. Há muitas dúvidas até entre os moradores de NY sobre o que pode acontecer.

O metrô da linha L, que serve o Brooklyn passa pela ponte

 

Muita gente (inclusive autoridades) acham que esse plano de não fechar a linha L totalmente pode significar reparos cosméticos e não uma total recuperação das estruturas afetadas.

Várias dessas preocupações existem por conta da falta de uma consultoria independente que tenha verificado esse novo planejamento de obras. Outro problema é que não foi divulgado o tempo de duração dos reparos.

Há até  gente se mudando do Brooklyn para evitar transtornos no seu dia a dia. O comércio da região já até baixou seus preços.

Clique na imagem e conheça essa e outras ofertas do Magazine do Blog do Feroli

Mudança nos ônibus

Algumas mudanças em linhas de ônibus também deverão acontecer. As coisas ainda não estão claras e as próprias autoridades evitam dar detalhes.

Portanto, olhos e ouvidos abertos.

O metrô da linha L, que serve o Brooklyn