Maioria dos trabalhadores móveis usa seus próprios dispositivos

11/06/2013 0 Por Fernando de Oliveira

Trabalhando com tabletA empresa Ipass, provedora de Wi-Fi, questionou 1.150 trabalhadores móveis em todo o mundo e descobriu que 70% agora fazem parte das políticas Byod. Tais políticas estão se tornando tão importantes que 35% de todos os entrevistados disseram que a política Byod de uma empresa pode influenciar suas escolhas de emprego.

Para ilustrar o Capex e os benefícios de produtividade para as empresas que as estratégias Byod (traga seu próprio dispositivo) trazem, a pesquisa constatou que 51% trabalhavam mais de 50 horas ou mais por semana, a maioria com a ajuda de seus próprios gadgets. Além disso, 16% trabalhavam 60 ou mais horas por semana.

A maioria dos pesquisados considerou “mais produtivo” trabalhar em casa e em escritórios remotos. Dos trabalhadores que se aproveitam do Byod, a maioria reivindica custos com Wi-Fi em suas despesas. Quase três em cada quatro (71%) trabalhadores móveis investigam a disponibilidade de hotspots Wi-Fi antes de viajar.

Evan Kaplan, CEO da iPass, disse: “Os trabalhadores móveis querem ter acesso à conectividade confiável e de custo eficaz quando e onde precisarem trabalhar”.

Fonte: IDG Now!

Anúncios