Sardenberg deixa Estadão e diz que não pode trabalhar por tão pouco

15/12/2012 0 Por Fernando de Oliveira

Isso foi em agosto, mas ainda penso na notícia toda vez que olho para o meu contracheque.

carlos-alberto-sardenberg2008Colunista no impresso, na TV e no rádio, o jornalista Carlos Alberto Sardenberg se despediu na última semana dos leitores do Estadão. Há 15 anos no diário, o profissional deixou o jornal por não conseguir um reajuste.

Ao Comunique-se, Sardenberg contou que descobriu que as colunas eram mal remuneradas ao conversar com outros colegas. “Fiquei muito tempo sem reajustar os valores. Era aquela história de que jornal é assim mesmo e que colunista ganha mal”. Com a coluna compartilhada entre Estadão e O Globo, o jornalista enviou uma proposta aos jornais para que os valores fossem reavaliados. “O Globo concordou na hora, disse que estava certo e que aceitava a minha argumentação. Já o Estadão recusou”, disse.

De acordo com ele, o impresso de São Paulo afirmou que não poderia mudar a remuneração e nem se comprometer a fazer isso no futuro. “Os colunistas precisam trabalhar e ganhar o valor correto, não pode ser assim. Eu fiz o possível, tentei um acordo para aumentar aos poucos, mas não deu”. Com a situação, Sardenberg passa a assinar e publicar os textos somente no diário carioca.

Fonte: Comunique-se