Facebook é o site mais visitado pelo brasileiro

29/09/2012 0 Por Fernando de Oliveira

Brasileiros gastam oito horas mensais na rede social, à frente das propriedades digitais da Microsoft e do Google

O Facebook é o site mais visitado mensalmente pelo usuário brasileiro: são oito horas dedicadas à rede social, na soma mensal, ou, a cada quatro minutos, um é gasto no site. Os dados, de junho, apurados pela comScore Media Metrix, foram divulgados pelo diretor global de audiência do Facebook, Robert D´Onofrio, durante o Facebook Studio Live,que foi realizado pela primeira vez no Brasil e na América Latina. Com essa audiência, o Facebook fica à frente de outros players globais. Na comparação, o usuário brasileiro dedica 3:51 horas aos sites de propriedade da Microsoft e 3:45 horas em sites do Google. A maior rede social do mundo tem 54 milhões de usuários no Brasil.

Com esses dados, D´Onofrio foi um dos especialistas que participou do Facebook Studio Live. É o maior evento da rede social para o mercado publicitário e consiste, principalmente, em uma iniciativa de capacitação promovida pelo site. O Brasil está entre os primeiros países a sediá-lo mundialmente. O Facebook Studio Live trouxe especialistas globais da rede para demonstrar tendências de comportamento de usuários e também as melhores práticas de comunicação de marcas no próprio Facebook.

Ainda segundo o levantamento, mais de 37% dos usuários já acessam o Facebook por smartphones. Quando o público é masculino, o percentual dos que acessam a rede pelo smartphone aumenta para 45% e, se for o segmento adolescente masculino, chega a 61%. Dos usuários brasileiros do Facebook, quase 40% acessam a rede enquanto assistem TV. D’Onofrio destacou também a mudança de perfil do usuário em relação à TV e o uso simultâneo das telas (TV e computador/notebook/smartphone/tablet). “Temos dados de quem usa o Facebook enquanto assiste TV e essa tendência começa a produzir uma série de programas de engajamento”, diz o executivo.

Durante a Olimpíada de Londres, o Facebook, em parceria com a rede de TV norte-americana NBC, fez medições da audiência que assistia os jogos na TV e compartilhava as opiniões na rede social que reforçaram a ideia de que esse comportamento se torna, cada vez mais, parte do cotidiano do telespectador.

Fonte: Meio & Mensagem