Tartarugas se recusam a compartilhar gaiola após 115 anos

21/06/2012 0 Por Fernando de Oliveira

Faz algum tempo eu escrevi sobre uma pesquisa que dizia que o Parceiro se torna irritante com o tempo. Agora, dois companheiros de longa data brigam na Austrália, parecendo comprovar o teor científico do estudo.

Depois de viverem 115 anos juntas, duas tartarugas gigantes do zoológico Klagenfurt, na Áustria, estão se recusando a compartilhar a gaiola, segundo informações publicadas pelo The Huffington Post, citando o jornal Austrian Times. Ao jornal o diretor do zoológico, Helga Happ, teria afirmado que o macho, Poldi, e a fêmea, Bibi, não estão suportando mais se ver.

Segundo a publicação, o zoológico percebeu que havia algo errado quando Bibi começou o morder pedaços do casco de Poldi. Como os ataques continuaram o macho foi transferido para outra gaiola. O zoológico teria, inclusive, contratado especialistas em aconselhamento de casais animais para tentar juntar o casal, mas os esforços ainda não deram resultado.

Segundo a publicação, as tartarugas são os únicos membros do reino animal conhecidos por se “divorciar”.

Fonte: Terra