Amazon fecha as primeiras parcerias para loja on-line no Brasil

09/04/2012 0 Por Fernando de Oliveira

De acordo com a coluna Radar On-line, de Lauro Jardim, da revista VEJA, a Amazon já está com o terreno bem preparado para seu desembarque no Brasil. A gigante americana já teria fechado alguns contratos com fornecedores brasileiros.

O maior site de vendas on-line do mundo teria acertado com algumas editoras médias e pequenas, entre elas a Larousse, a Novo Conceito e a Melhoramentos. A varejista americana teria conseguido descontos de 40% com as editoras, em comparação com os preços oferecidos em outras livrarias.

A Amazon.com deve iniciar sua operação de e-commerce no País a partir do dia 1 de setembro, quando vai concorrer diretamente com empresas do grupo B2W (Americanas.com, Submarino e Shoptime). Inicialmente, o site vai vender produtos de pequeno porte, como o e-reader Kindle, CDs, DVDs, livros, videogames e softwares. A previsão é que 1,1 milhão desses itens sejam vendidos de setembro a dezembro deste ano e, em 2013, a estimativa deve chegar a 4,6 milhões.

Amazon no Brasil

Os olhos da gigante americana estão cada vez mais voltados para o Brasil. Em dezembro do ano passado, a empresa iniciou a oferta de seu serviço de computação em nuvem em toda a América do Sul. Gol Linhas Aéreas, Peixe Urbano e o portal de notícias R7 são algumas das empresas que utilizam o serviço.

Outro indício do forte investimento da Amazon no Brasil é o lançamento de seu tablet, o Kindle. A companhia anunciou na última quarta-feira (28/03) o lançamento do Kindle Touch 3G com interface traduzida para a língua portuguesa (Português BR). Até o momento, o e-reader será comercializado pelo site americano da Amazon, e vai custar US$ 189 (cerca de R$ 344 na cotação atual).

Ainda não se sabe como seriam as vendas do Kindle após o lançamento da loja brasileira. Mas especula-se que o dispositivo seja vendido por R$ 200, tornando-se, assim, o leitor digital mais barato disponível no Brasil.

Fonte: Olhar Digital