Band exibe a mesma reportagem três vezes em duas horas

02/03/2012 0 Por Fernando de Oliveira

Por falar em jornalismo, olhem a pérola que o Comunique-se no último dia 28 de fevereiro

A morte do aposentado Isaías Severino da Silva, de 46 anos, ocorrida na tarde desta terça-feira, 28, foi tema de matéria produzida pela equipe da Band. A reportagem sobre o caso foi exibida, entretanto, por três vezes em um período de duas horas. ‘Brasil Urgente’ e ‘Jornal da Band’ foram os telejornais que mostraram o material.

Comandado por José Luiz Datena, o ‘Brasil Urgente’ exibiu a matéria sobre o aposentado duas vezes durante a mesma edição. Na primeira exibição, o jornalista comentou o assunto por cerca de 5 minutos. A reportagem informou que Isaías foi internado na UTI do Hospital Nossa Senhora de Lourdes após ser agredido por um dos seguranças da unidade médica, localizada na zona sul de São Paulo.

Filho de aposentado, que morreu depois de ser agredido, foi entrevistado pela Band.

A reportagem – gravada antes da morte de Isaías – também foi apresentada, em parte, pelo ‘Jornal da Band’. Da última vez que o material sobre o assunto apareceu no ‘Brasil Urgente’ até o momento em que Ricardo Boechat anunciou a matéria, durante a chamada do telejornal, há um intervalo de cerca de 15 minutos. O programa de Datena chegou a interromper uma entrevista com o filho do aposentado para dar espaço ao ‘Jornal da Band’.

Fonte: Comunique-se