Circulação de revistas bate recorde

12/10/2011 0 Por Fernando de Oliveira

E os empresários reclamam e achatam os salários dos jornalistas….

Segundo o IVC, média de circulação no Brasil nos últimos 12 meses superou a marca de 13,7 milhões de exemplares

O aumento das vendas das publicações baratas (cujo preço é inferior a R$ 5) e o incremento dos exemplares vendidos avulsos colaboraram para que a circulação de revistas no Brasil atingisse um marco recorde nos últimos 12 meses.

De acordo com dados do Instituto Verificador de Circulação (IVC), entre julho de 2010 e junho de 2011, a média de circulação de revistas no Brasil foi de 13.735.919 exemplares, o que representa um recorde para o setor e um aumento de 5,1% em relação á média registrada entre julho de 2009 e junho de 2010.

Para o IVC, o crescimento foi puxado pelo aumento das vendas das publicações com baixo preço de capa (inferior a R$ 5), cuja comercialização foi 8,77 maior nos últimos 12 meses e também pelo crescimento das vendas avulsas de exemplares (em bancas de jornal e pontos de venda), que foi de 7,6% em comparação com o período anterior.

Para a realização do estudo anual, o IVC utiliza dados de todas as publicações a ele afiliadas. Dessa vez, os números compreendem um conjunto de 172 títulos, sendo 25 deles de circulação semanal, 145 mensais e duas publicações quinzenais.

Fonte: Meio & Mensagem