O perigo de ficarmos sem conexão – NET, Claro e Embratel criam pacote multiplay

07/10/2011 1 Por Fernando de Oliveira

Os serviços de telefonia, acesso internet e TV para o consumidor estão entrando numa nova fase. A expressão triple play, que esteve em moda há poucos anos, dá lugar uma espécie de “multiplay”. A mudança é bem exemplificada pelos novos pacotes conjuntos que a NET, a Claro e a Embratel anunciaram hoje. Eles poderão incluir também acesso à internet via Wi-Fi e 3G, além vídeo sob demanda, expandindo o cardápio habitual desses serviços.

As três empresas são controladas pelo grupo Telmex, do mexicano Carlos Slim. E a NET já incluía, em seus pacotes, o serviço de telefonia NET Fone via Embratel. A principal novidade, então é a inclusão da telefonia celular no pacote, por meio da Claro. Chamado Combo Multi, o novo pacote está sendo oferecido em quatro opções, com mensalidades que vão de 399,90 a 699,90 reais. Ele começará a ser vendido no dia 15 deste mês.

A versão mais barata do Combo Multi inclui dois pontos de TV a cabo; acesso ao serviço de vídeo sob demanda NOW; telefone fixo; duas linhas de celular; banda larga fixa de 10 Mbps; plano de 2 GB para acesso à internet em 3G, com modem incluído; e acesso livre nos hotspots Wi-Fi disponíveis em São Paulo. Como o preço sobe, aumentam também o limite de tráfego de dados via celular e os minutos de ligações incluídos. As duas versões mais caras incluem, ainda, um gravador digital de vídeo.

Embora esse seja o primeiro serviço desse tipo no Brasil, pacotes do tipo quadruple play já existem em outros países. A operadora canadense Rogers, por exemplo, oferece telefonia e internet fixa e móvel, além de TV a cabo. São soluções que têm feito sucesso oferecendo conveniência e alguma economia para o consumidor. NET, Embratel e Claro dizem que o Combo Multi custa 30% menos do que custariam os serviços se fossem adquiridos separados.

As informações são do Meio & Mensagem