Frank Sinatra em dose dupla

28/11/2009 0 Por Fernando de Oliveira

Demorou um pouco até poder escrever algo sobre os dois primeiros relançamentos da coleção de Frank Sinatra colocados no mercado pela Universal. Primeiro porque é difícil escrever sobre Sinatra, segundo porque não conseguia para de ouvir os discos. Os CDs em questão são My Way e Live At The Meadowlands.

My Way é Sinatra no fim dos anos 60, misturando seu som característico e sua voz impecável a algumas canções pop de sucesso, como Yesterday (Beatles), Hallelujah I Love Her So (Ray Charles), Mrs. Robinson (Simon & Garfunkel) e For Once In My Life (Steve Wonder), que não fazia parte do lançamento original e entrou como faixa bônus. Além de covers Sinatra ainda ganhou de Paul Anka a canção título e que se tornou um dos principais sucessos de sua carreira.

A produção é impecável, os arranjos perfeitos e a voz afinadíssima (sempre). É um Sinatra no seu melhor estilo pop. Outra boa razão para comprar o CD é o booklet, com texto escrito por Bono Vox.

Live At The Meadowlands, gravado em 14 de março de 1986, traz 18 canções inéditas de um Sinatra já veterano, mas que ainda tinha total controle do palco e da sua voz. Algumas versões impressionam pela vitalidade. I’ve Got You Under My Skin e Come Rain Or Come Shine são difíceis de parar de ouvir.

Considerado um dos shows mais raros da carreira do Olhos Azuis, Meadowlands também chega com som impecável, superior a muitos shows gravados com toda a tecnologia do século XXI.

Fim de ano é mesmo um tormento para os fãs. Melhor negociar um 14º salário para poder comprar tudo o que é lançado.