Semana Santa em Friburgo I – Noel e os Beatles

13/04/2009 8 Por Fernando de Oliveira

Feriadão, muita coisa para ver, descobrir e aproveitar. Ai, em um momento mágico, cruzo com uma Rural Willys toda cheia de adesivos e cartazes anunciando Noel canta Beatles. Neste momento os hormônios e o DNA beatlemaníaco falou mais forte e tanto eu quanto a bela companheira cometemos a loucura de, em meio a uma via expressa, emparelharmos e perguntarmos onde seria o show. Devia ter lembrado que uma Rural Willys não podia ser um bom presságio, mas ignorei.

Noel, um simpático coroa, lá pelos seus 60 e poucos anos, parece ter ficado alegre. Nos seguiu até o restaurante onde íamos (que merece um belo post, aliás) e nosentregou um cartão com o endereço e telefone do hotel onde iria tocar.

O lugar era no topo do mundo (no mau sentido). Uma estradinha safada, escura, ruim e que cabia apenas um carro de cada vez levava até o local onde só mesmo os Beatles podem nos levar.

Acho que já dá para imaginar como foi o resto. Noel é uma figura simpática, a noite gerou histórias inesquecíveis e a certeza de que hotel fazenda é para gente estranha. Muito estranha.