Esses ingleses maravilhosos e suas pesquisas “voadoras” (III)

02/01/2009 1 Por Fernando de Oliveira

Foi escrever sobre expectativas e resoluções para o ano novo que logo aparece uma pesquisa dizendo que fazê-las é prejudicial à saúde e pode gerar depressão (eu sabia!). “Resoluções que se baseiam em defeitos físicos, como perder peso e fazer plástica, criam em nós uma auto-imagem negativa e acabam gerando a frustração. Além disso, quando violamos os propósitos de Ano-Novo, acabamos nos sentindo piores do que quando começamos”, diz um dos realizadores do estudo.

Leiam mais aqui e aqui.

Em 2009, em vez de planejar metas de Ano-Novo, procure pensar de uma maneira mais positiva sobre o ano que vai começar e no que você pode conquistar”.

É isso ai.