Oficial: Ryanair não vai ter voos para o Brasil

Oficial: Ryanair não vai ter voos para o Brasil

23/11/2020 0 Por Fernando de Oliveira

Empresa low cost diz que voos de longa distância não são viáveis para o setor. América do Sul fica, oficialmente, fora da malha aérea da empresa

BannerROTEIROS-5-blogdoferoli

Aproveite esta e muitas outras dicas de viagem com os nossos roteiros personalizados. Entre em contato e encomende o seu — basta clicar no banner!

Enquanto a pandemia não era uma realidade, a Ryanair (maior empresa aérea da categoria low cost) estudava operar na América do Sul.

O anúncio de que a empresa vai receber os novos Boeing 737 MAX 200 (leia aqui), parecia ser uma boa indicação de que o nosso continente poderia ganhar mais uma empresa aérea.

Veja a configuração do novo Boeing da Ryanair

Porém, depois de descartarem o Brasil (por conta da corrupção no país) e entrarem em negociações com o governo argentino, a Ryanair decidiu que os voos de longa distância não farão parte da sua malha aérea.

Segundo o CEO da Ryanair, Michael O’Leary, o problema é que sempre existirão pessoas dispostas a pagar mais para ter mais conforto. Essa justificativa parece um pouco sem sentido, mas é a “razão oficial” para a desistência.

O’Leary diz que, mesmo consolidado na Europa, não vê futuro no modelo de negócios da Ryanair fora do continente, mesmo com os novos (e gigantes) Boeing MAX 200.

Portanto, vamos continuar sem a opção de uma grande companhia low cost oferecendo voos para vários destinos europeus.

Com informações do World Travel Market