Depois dos gondoleiros de Veneza, proprietários de Airbnb excluem os gordos

Depois dos gondoleiros de Veneza, proprietários de Airbnb excluem os gordos

23/09/2020 3 Por Fernando de Oliveira

Dois donos de uma propriedade catalogada no Airbnb da Inglaterra proíbem hóspedes com mais de 100 quilos. Imóvel foi retirado do Airbnb

Parece que a perseguição contra os gordos tomou força no mundo. Depois dos gondoleiros de Veneza resolverem reclamar do peso dos turistas, agora, dois donos de uma propriedade cadastrada no Airbnb (na Inglaterra) fizeram restrições aos mais pesados.

A polêmica começou depois que os proprietários colocaram como restrição para alugar a sua propriedade a pessoa pesar menos de 100 quilos. A regra causou polêmica e os donos do chalé na cidade de Sandwich (seria o nome da cidade uma ironia?) tiveram que fazer uma modificação no texto sobre o aluguel do imóvel.

Na primeira versão a ideia era apenas impedir os “gordinhos” de alugar o local, sem justificativa plausível. Depois, decidiram dizer que a restrição era por conta das vigas de carvalho do imóvel, que poderiam ser avariadas por causa do excesso de peso.

Airbnb

O anúncio gordofóbico

O problema é que essa desculpa foi contestada por várias pessoas (inclusive engenheiros que garantiram que as vigas suportam muito mais peso que o indicado pelos proprietários.

O resultado é que o Airbnb retirou a propriedade de sua plataforma por entender que a cláusula é discriminatória.

Podemos até discutir a saúde e o excesso de peso da população mundial, mas parece que uma onda de preconceito contra os gordos, o que pode ser tão perigoso quanto o preconceito contra os negros, gays e outras minorias. Ou não?

Melhor ficar de olho.