Las Vegas cria protocolos para apoiar a abertura da economia

Las Vegas cria protocolos para apoiar a abertura da economia

30/06/2020 0 Por Fernando de Oliveira

Com a flexibilização na “Fase 2” desde o fim de maio, Vegas, a cidade dos cassinos tenta convencer os turistas que é seguro visitar a região

Seguros Promo Reabertura de Las Vegas

Com ou sem COVID-19, não viaje sem seguro!

Apesar da ameaça de uma segunda onda de contaminação do novo coronavírus em várias cidades americanas, Las Vegas entrou na “Fase 2” de flexibilização do isolamento social e da reabertura do turismo.

Essa “Fase 2” permite o funcionamento de hotéis, cassinos, restaurantes, bares, lojas, salões de beleza, spas, estúdios de tatuagem, academias, piscinas, teatros, boliches e parques nacionais, o que não é pouca coisa.

Reabertura de Las Vegas

Para isso, o Las Vegas Convention and Visitors Authority, órgão oficial de turismo da cidade, e Departamento de Saúde e Serviços Humanos do Estado de Nevada (onde fica Las Vegas) lançaram no site oficial de Las Vegas a campanha de conscientização #VegasSmart, com recomendações de saúde necessárias para a segurança dos turistas.

Regras básicas de higiene em Vegas

Entre essas “recomendações de saúde” estão: manter distanciamento de 2 metros, sempre usar máscara, lavar sempre as mãos e buscar atendimento médico caso tenha suspeitas de COVID-19 antes de sua viagem.

No site, também é possível verificar quais são as medidas que os resorts estão implementando individualmente. Além disso, há atualizações sobre casos de COVID-19 na região, restrições de viagens e outras informações.

Roteiros-campanha-instagram-1 Reabertura de Las Vegas

Aproveite esta e muitas outras dicas de viagem com os nossos roteiros personalizados. Entre em contato e encomende o seu — basta clicar no banner!

Vale lembrar que: os principais hotéis e resorts da cidade e de serviços de turismo ainda está reabrindo até o mês que vem (cada um resolve quando estará pronto para a retomada das atividades) e que nós, brasileiros, estamos “barrados” nos Estados Unidos.

Mas, é bom saber que alguns lugares estão voltando ao “normal”. Resta saber se essas voltas são realmente seguras.