Bill & Ted de volta: a notícia mais ‘excellent!’ de 2019!

Bill & Ted de volta: a notícia mais ‘excellent!’ de 2019!

20/03/2019 0 Por Débora Thomé

Keanu Reeves e Alex Winter anunciaram a sequência do cult-movie de viagem no tempo da dupla Bill e Ted em um vídeo especial. Será a realização da tão sonhada trilogia para os fãs dessa saga 

São mais de três décadas desde o lançamento do original, e vários anos de negociações e procura por investidores. Mas Keanu Reeves e Alex Winter, finalmente, confirmaram a produção de “Bill & Ted 3” em um vídeo.

O mundo nerd, é claro, foi à loucura!

Oficialmente intitulado “Bill & Ted Face the Music”, o terceiro filme da franquia de viajantes do tempo muito loucos inciará filmagens ainda em março.

O lançamento nem vai demorar: está previsto para 21 de agosto de 2020 nos Estados Unidos.

Olha que sinopse, dude!

Os roteiristas originais, Chris Matheson e Ed Solomon, também voltam para escrever o roteiro dessa, agora, trilogia. O longa deve retomar a profecia estabelecida no final de “Uma Aventura Fantástica”, primeiro filme das personagens.

De acordo com a profecia, a dupla salvaria o mundo através da música.

bill-ted-blogdoferoli

O tempo passa até para viajantes do tempo! (Foto: Reprodução/Internet)

Os agora cinquentões William “Bill” S. Preston Esq. (Winter) e Theodore “Ted” Logan (Reeves) devem cumprir seu destino de rock and roll. A dupla parte para uma nova aventura quando um visitante do futuro avisa que apenas sua música pode salvar o mundo e trazer harmonia ao universo.

Ao longo do caminho, Bill e Ted — agora, pais de família — serão ajudados por seus filhos, velhos amigos e algumas lendas da música.

A direção é de Dean Parisot, conhecido por seu trabalho em “Heróis Fora de Órbita” e “As Loucuras de Dick & Jane”. A produção será da Hammerstone Studios e Steven Soderbergh.

Lembra de Bill & Ted? No way!

Sem problemas, dude. O Blog do Feroli dá uma forcinha com os trailers aqui mesmo. Aperta o play!

EXCELLENT!


“Uma aventura fantástica”, de 1989


“Dois loucos no tempo”, de 1991