Dicas de Viagem X: As rotas aéreas mais procuradas dos EUA

Dicas de Viagem X: As rotas aéreas mais procuradas dos EUA

26/12/2018 0 Por Fernando de Oliveira

Planeje antes de escolher uma delas. A concorrência é grande

Festas de fim de ano, férias escolares e verão. Todos ótimos motivos para viajar.

Enquanto, no Brasil, os preços ficam quase impraticáveis nesta época do ano, lá fora as oportunidades de encontrar boas promoções se multiplicam.

Como o brasileiro não perde a chance de uma boa oferta, voos com escalas estão sempre no radar dos turistas menos abastados ou que não se incomodam em ficar em uma cidade mais periférica, aproveitando para se locomover diante a ótima malha aérea do país.

O índice de ocupação dos voos domésticos na terra do Tio Sam tem médias de 86%. Mas alguns trechos são bem mais lotados que outros. Isso tem dois lados: o lado bom é que mais empresas brigam pelos passageiros, ao mesmo tempo que pode ser complicado conseguir um assento para a data e horário desejado.

Sendo assim, pesquisamos os cinco trechos mais requisitados dos Estados Unidos e que merecem uma atenção (e antecedência) maior dos turistas na hora de utilizá-los.

Os cinco mais

5. Atlanta x Orlando

Disney. Só a menção deste nome é suficiente para chamar a atenção de adultos e crianças. Por isso, Orlando está sempre entre os destinos mais procurados pelos brasileiros. O que poucos sabem é que o trecho Atlanta x Orlando tem mais de 18 mil voos oferecidos por cinco empresas.

A maioria das pessoas que utilizam o trecho são provenientes de conexões de outras partes do país. Portanto, se puder, evite voos que utilizem esse trecho para chegar até Orlando. As chances de encontrar um avião lotado e com atraso são muito grandes.

4. Los Angeles x Chicago

Uma das cidades mais livres do mudo e a terra do blues (e dos Bulls). Los Angeles e Chicago estão no roteiro de muitos turistas de todo o mundo. As duas cidades também são hubs de duas das maiores empresas aéreas do país (American e United). O que faz das viagens entre esses dois destinos uma aventura.

São mais de 17 mil voos por ano e quase três milhões de passageiros. O resultado? Muita gente e pouca paciência.

3. Nova York x Chicago

Demorou, mas Nova York apareceu na lista. A cidade que nunca dorme e (novamente) a terra do blues. Voos entre as duas cidades são praticamente obrigatórios para os turistas de ambas.

O voo é curto (aproximadamente 2 horas), e as opções são várias. São mais de 29 mil aeronaves fazendo um dos trajetos mais populares do mundo. Se você tem tempo, não perca a oportunidade de visitar esses dois destinos. A passagem, na média fica em pouco mais de US$ 100. Uma pechincha!

2. Los Angeles x São Francisco

Califórnia, terra de sol e calor, mesmo no inverno. Los Angeles e São Francisco estão sempre no imaginário do brasileiro e dos estrangeiros que pensam em surf e garotas de biquíni. Apesar dos mais de 40 mil voos anuais, nem sempre é fácil fazer parte dos mais de 3,5 milhões de pessoas que fazem essa viagem.

Flores nos cabelos são opcionais.

1. Nova York x Los Angeles

O trecho campeão não poderia ser outro. Los Angeles aparece em três dos cinco trechos mais procurados e Nova York é.. bem.. Nova York! Os voos nem são tantos (pouco mais de 26 mil), mas o número de passageiros é um absurdo, ultrapassando os 3,5 milhões por ano.

Esse é outro trecho que é melhor aproveitado quando se pesquisa (e reserva) com antecedência.

Roteiros personalizados

Com preços em conta, muitas vezes ficar baseado em uma cidade menos movimentada ou com boas opções de voo pode ser uma grande (e barata) ideia. Claro que pode haver uma certa falta de conforto, mas os custos podem compensar. Entretanto, quando a ideia é otimizar o tempo, acabar no meio de uma conexão cheia e que atrasa pode se tornar um pesadelo.

Cada viagem é diferente da outra e cada viajante tem seus gostos e caracterísicas próprias. O ideal é fazer sempre um roteiro personalizado e que reflita as suas características e necessidades.

Não tenha vergonha em pedir ajuda de quem tem mais experiência. Isso pode ser a diferença entre uma viagem inesquecível e um programa de índio daqueles que nunca deveriam acontecer.

Leia outros posts sobre viagens

Anúncios