Programas de gastronomia tomam conta da TV brasileira

Programas de gastronomia tomam conta da TV brasileira

24/08/2018 1 Por Fernando de Oliveira

Tanto na TV aberta, quanto na TV por assinatura, canais e programas culinários invadem a grade de programação, incentivando os chefs amadores

Cozinhar é um hobby mundial que vem sendo incorporado pelos brasileiros. Os diversos Masterchefs, os vários sabores do Que Marravilha!, os game shows como The Taste Brasil, Que Seja Doce, Bizu, Cutthroat Kitchen (Mestres da Sabotagem) e Chopped, para citar alguns, fazem sucesso e estão se ampliando e reproduzindo.

Pesquisa feita pela assessoria Gfk mostra que 79% dos brasileiros cozinham por diversão e que 75% deles gostariam de saber um mais sobre culinária. Com isso, também está aumentando o número de escolas de gastronomia espalhadas pelo Brasil.

Como muitos desses brasileiros, eu também sou um entusiasta da cozinha e tendo a experimentar técnicas variadas, muitas vezes inspirado nesses programas de TV, mas sempre com o cuidado de adaptar as dicas e ingredientes para a realidade do dia a dia (e que você pode acompanhar nas receitas do blog).

Chefs bons (?)

A única coisa que me incomoda nessa onda de programas (principalmente os brasileiros) é a soberba de chefs que estão longe de serem uma Brastemp, mas agem como se fossem o real Supra Sumo da culinária nacional.

Uma coisa é ver gente do calibre de Gordon Ramsay sendo indelicado com alguém e outra é ver alguém que nem sequer fala direito o nosso idioma e tem um restaurante com vários pratos questionáveis, sendo grosso com alguém.

bizus que são imperdíveis, mas é engraçado quando algum amador mostra ter mais conhecimento que os supostos mestres.

Portanto, cuidado com o que vê e ouve nos programas de TV.