Receita: Camarão na mini moranga

Há alguns pratos que ficam numa linha muito tênue entre o sofisticado e a cozinha regional. Embora muitos imaginem que a origem do camarão na moranga seja africana ou nordestina, a receita é normalmente atribuída a cidade de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. Há até uma Festa do Camarão na Moranga, que é realizada anualmente na cidade de Bertioga, também no litoral paulista.

O camarão na mini moranga pode até não ser o prato ideal para ser postado na atual situação do país – com greve de caminhoneiros, estradas bloqueadas e desabastecimento -, mas qual receita é? Em tempos normais, essa receita, que rende para três pessoas, é bastante econômica, saindo por menos de R$ 16 por pessoa.

Equipamento

Há três maneiras diferentes de preparar a mini moranga, mas basicamente o que você vai precisar é de duas panelas (uma alta para cozinhar a moranga e outra normal para o recheio), um recipiente para temperar o camarão e uma travessa que vá ao forno, além dos utensílios normais de cozinha (faca, colher, etc).

Ingredientes

  • 3 mini morangas
  • 450g de camarão descascado e limpo
  • Suco de meio limão
  • Coentro a gosto
  • Lemon Pepper a gosto
  • Páprica defumada a gosto
  • Páprica doce a gosto
  • Alho a gosto
  • 250g de catupiry ou 1 pote de requeijão cremoso
  • 2 colheres de sopa de amido de milho (Maisena)
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino a gosto
  • Óleo de soja
  • ½ lata de tomate pelati (aproximadamente 100g)
  • 1 colher de sobremesa de extrato de tomate
  • Molho de tomate (aproximadamente 100g)
  • 3 fatias de mussarela (opcional)
  • Água suficiente para cozinhar as mini morangas e para cozinhar os camarões

Modo de preparo

As mini morangas

Há três maneiras de pré-cozinhar as morangas, mas antes de explicar isso, vamos ao preparo básico. Primeiro corte a tampa das morangas com uma faca afiada, deixando o miolo aparente. Para isso, se guie pela própria moranga, que tem uma pequena marcação mostrando onde a tampa deve ser cortada (normalmente a abóbora tem uma marca mais clara, que serve como guia para saber onde a carne da moranga acaba). Essa marca natural ajuda no corte da tampa. Depois de retirada a tampa, pegue uma colher e retire todas as sementes que estão no interior da mini moranga. Com ela totalmente limpa, chega a hora de escolher o método de cozinha-la. Repetindo, eles são três e cada um tem suas características próprias. Testei todas e aí vão as dicas. Lembrete: não esqueça de colocar a tampa nas morangas antes do cozimento.

1- Micro-ondas – A maneira mais rápida de cozinhar as morangas. Encha cada moranga com água até a metade do seu volume e leve ao micro-ondas, em potência alta por 10 minutos (alguns micro-ondas podem precisar de 1 ou 2 minutos a mais). Verifique se as paredes ficaram macias, mas não moles (use um garfo), retire a água e reserve;

2- Forno – Coloque um fio de azeite dentro das mini morangas e espalhe com um pincel (opcional). Encha de água até a metade e leve ao forno médio (aproximadamente 180ºC). Fique monitorando até que estejam no ponto (macias) – normalmente esse procedimento demora entre 20 e 30 minutos, dependendo do tamanho da mini moranga. Esse processo é um pouco mais demorado, mas proporciona um resultado mais homogêneo, com as morangas cozidas de maneira mais uniforme;

3- Panela com água – Funciona, mas é a minha menos preferida (achei que as morangas ficaram moles demais). Encha uma panela alta com água e, quando estiver

fervendo, coloque a moranga nela até que fique macia. Retire e escorra as morangas de cabeça para baixo até que fiquem bem secas. É preciso tomar cuidado para não deixar cozinhar demais e deixa-las muito moles, o que pode acontecer com facilidade, já que elas continuam cozinhando por um tempo mesmo depois de tiradas da água

O recheio

Em um recipiente misture os temperos em pó, o coentro picado, o sal e o alho. Coloque os camarões e misture bem. Acrescente o suco de limão e deixe marinar por aproximadamente 30 minutos. Leve uma panela ao fogo médio, coloque um fio de óleo e jogue os camarões. Quando estiverem mudando de cor (cozinhando), coloque o molho de tomate, o tomate pelati, o extrato de tomate e misture. Prove para acertar o sal e acrescente o requeijão. Baixe o fogo, acrescente ½ xícara de água e deixe terminar de cozinhar os camarões (cuidado para não passar do ponto e deixá-los duros. Caso o caldo ainda esteja líquido demais, acrescente amido de milho até que fique com uma consistência cremosa. Preencha as mini morangas deixando um espaço para fechar a tampa. Leve ao forno médio (sem as tampas) por aproximadamente 10 minutos, retire, coloque uma fatia de mussarela sobre cada uma (caso tenha sobrado, pode colocar uma camada de catupiry ou requeijão) e leve novamente ao forno para gratinar. Retire, coloque a tampa e sirva em seguida.

Vai bem com arroz branco (ou com passas) e uma salada de folhas.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.