Cheio de defeitos, mas com bom gosto

Van Gogh HaymakingVira e mexe somos acometidos por autoavaliações que nos fazem refletir sobre nossos (muitos) defeitos. Esses defeitos definem muitas de nossas ações e os rumos que tomamos. Para compensar temos que pensar no que temos de bom. No meu caso, o bom gosto para música e para as artes.

Viva Van Gogh, meu gênio preferido das imagens!

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.