Editor está em lista de profissões com maiores perdas salariais

08/07/2013 0 Por Fernando de Oliveira

Assim não pode, assim não dá! Pedir aumento está cada vez mais difícil!

editor0407Nos últimos anos, editores ganharam menos. É o que revela a pesquisa Radar – Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, divulgada na quarta-feira (3 de julho), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O estudo comparou os salários de profissionais admitidos em janeiro de 2009 com os vencimentos dos contratados em dezembro de 2012, segundo a Veja.com.

No ranking, os profissionais do setor editorial ficaram em oitavo lugar entre as profissões que diminuíram os salários, com queda de 11,9%. A maior diferença foi constatada na função de delegado, que declinou 64,4%. Os engenheiros ocupam a segunda posição (52,6%) e os chefes de cozinha a terceira (37,3%).

Para a realização da pesquisa, dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, foram extraídos. Segundo as informações, os valores foram atualizados para preços de dezembro de 2012, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Dessa forma, excluiu-se o efeito da inflação no período.

Fonte: Comunique-se