Ivete, Caetano e Gil: Especial com jeitão ‘fake’

18/05/2012 0 Por Fernando de Oliveira

Falso como um rosto cheio de botox. Assim pode ser descrito o especial de fim de ano que reuniu dois grandes da Música Popular Brasileira (Gilberto Gil e Caetano Veloso) e uma das cantoras mais populares do Brasil (Ivete Sangalo), e que virou CD e DVD. O botox fica por conta do público, formado na sua maioria por convidados globais ou uma claque que conseguia até acompanhar as canções com palmas batidas em perfeita sincronia (coisa praticamente impensável em um show de música).

O DVD, onde as imagens dividem força com as canções, se torna uma experiência um pouco mais penosa, enquanto o CD não sofre com os closes (muitas vezes desnecessários) do público e faz com que nossa atenção se concentre apenas na música. Música, aliás, que tem seus bons momentos – principalmente de Gil e Caetano -, como A Novidade e Drão. Infelizmente os duetos entre os dois e Ivete não funcionaram como era de se esperar, principalmente devido à diferença de tons entre as vozes do trio, que parece mais ter sido escolhido por questões mercadológicas que artísticas.

Quem gostou do especial ou é fã de alguns dos astros vai gostar da qualidade de imagem e de som, e ainda vai curtir as imagens dos ensaios, contidos no DVD, apesar da aparente falta de espontaneidade dos takes. Para o público em geral, é um produto apenas razoável.

Texto originalmente publicado no jornal O Fluminense