Coluna de Música do O Fluminense de 9 de maio de 2012: Phil Collins, Paul McCartney, Roberta Flack e José Augusto

09/05/2012 0 Por Fernando de Oliveira

Phil Collins em dose dupla de Montreux

Os fãs de Phil Collins não têm tempo para chorar a aposentadoria do ídolo. Depois do lançamento de Going Back (2010) – CD e DVD onde regravou vários clássicos da Motown – o ex-baterista e vocalista do Genesis volta ao mercado com o lançamento do Blu-Ray e DVD duplo Phil Collins Live at Montreux 2004 (ST2), que registra o show do artista no famoso festival de música e ainda traz parte da apresentação de Collins no mesmo palco, em 1996, com a participação do veteraníssimo Tony Bennett, Quincy Jones e do saxofonista David Samborn.

O DVD- lançamento original da Eagle Rock Entertainment – é um verdadeiro greatest hits. São 25 canções nas quase 4 horas de música. Todos os grandes sucessos da carreira solo estão lá. Sussudio, Against All Odds, In the Air Tonight, Something Happened on the Way to Heaven e One More Night, entre outras (algumas delas repetidas no segundo DVD), fazem desse Montreux 2004 uma opção perfeita para as reuniões com tema dos anos 80.

Collins, profissional de primeira, se cercou (nos dois shows) de músicos de primeira linha. Não há como colocar algum senão nas performances de gente do calibre de Nathan East (baixo), Daryl Stuermer (guitarra), Chester Tompsom (bateria) ou Leland Sklar (baixo).

Mesmo perto da atual aposentadoria, o show mostra um Phil Collins em ótima forma e se divertindo durante a apresentação. São 37 canções (24 no primeiro DVD e mais 13 no segundo) que vão servir para amenizar a dor da saída (por enquanto) de cena de um dos maiores hitmakers dos anos 80.

Celebração de 40 anos de trajetória –  José Augusto apresenta ‘Na Estrada’

Um dos recordistas em aparições nas trilhas sonoras das novelas globais, o veterano cantor José Augusto, que já conta 40 anos de carreira, lança um novo CD/DVD Na Estrada (EMI) para comemorar a data. O carioca de Santa Teresa apresenta seus maiores sucessos como Chuvas de Verão e Só você, além de canções inéditas como Mesmo que exista alguém, Choro e Quem se não sou eu. O romantismo de José Augusto segue por todas as faixas do CD e do DVD, devendo agradar aos fãs do seu estilo.

Atualmente, José Augusto pode ser ouvido nas trilhas sonoras de Avenida Brasil (com a canção Estória de nós dois) e na reprise de Barriga de Aluguel (com o megasucesso Aguenta Coração).

Uma boa maneira de comemorar quatro décadas de sucesso.


Um novo/velho McCartney – RAM, de 1971, é relançado com bônus

Será relançado no próximo dia 22 de maio, na Inglaterra, mais um disco solo da carreira de Paul McCartney. RAM, lançado em 1971 e único trabalho creditado ao casal Paul e Linda McCartney, é o disco que mais divide opiniões entre os fãs do ex-Beatle. Não há meio termo, é um trabalho do tipo ame-o ou odeie-o, merecendo críticas e até uma paródia da foto da capa feitas pelo ex-parceiro John Lennon.

O disco, que no Brasil será lançado em CD duplo com faixas bônus e que lá fora tem até uma versão super deluxe com 4 CDs e 1 DVD, é recheado de boas canções e supostas mensagens para seus ex-companheiros de banda, principalmente John Lennon. Musicalmente, é diverso e extremamente criativo, com baladas e rocks inspirados, além de vocalizações de primeira, que levaram a canção Uncle Albert/Admiral Halsey a ganhar um prêmio Grammy.

O CD, que faz parte da Paul McCartney Archive Collection, que está relançando toda a obra de Paul, chega ao Brasil somente em junho.

 

Homenagem para o quarteto de Liverpool

Let it Be – Roberta Flack Sings The Beatles (LAB 344) é um trabalho onde a cantora – que fez muito sucesso na década de 70 – paga seu tributo à obra dos Beatles. O repertório, que inclui algumas canções muito conhecidas com outras menos óbvias, tem uma levada mais soul e arranjos criativos para clássicos da dupla Lennon e McCartney. Detalhe curioso: a única canção de autoria de George Harrison (Isn’t it a Pity) não foi gravada pelos Beatles e sim faz parte do primeiro disco solo do guitarrista (All Things Must Pass).

No CD, Roberta Flack expõe sua ligação com os Beatles ao estampar uma foto onde aparece ao lado de John e Yoko durante a cerimônia de entrega do Grammy em 1975 e de um texto escrito por Yoko Ono, onde a viúva de Lennon diz que ela (Roberta) “adiciona uma voz feminina de alegria às canções”. Talvez o maior escorregão seja exatamente esse, já que se há alguém que não é expert nas canções dos Beatles é exatamente Yoko Ono.

Mas, voltando ao CD, algumas interpretações merecem serem conferidas. The Long and Winding Road, Oh Darling, e Let it Be conseguem apresentar um ar de novidade, apesar das centenas de regravações já feitas por outros artistas.