Ecad afirma que errou ao cobrar de blogueiros que publicaram vídeos do Youtube

14/03/2012 0 Por Fernando de Oliveira

Ainda bem que isso não foi para frente.

O Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), empresa responsável por direitos autorais na internet, afirmou, em declaração, que errou ao cobrar dos blogueiros que publicam vídeos do Youtube.

O assunto teve repercussão nas redes sociais, e a superintendente executiva do escritório, Glória Braga, disse que houve uma falta de interpretação com relação ao assunto.

De acordo com o Google, esse tipo de cobrança não foi discutido quando a empresa assinou contratado com o Ecad. “Em nossas negociações, tomamos um enorme cuidado para assegurar que nossos usuários poderiam inserir vídeos em seus sites sem interferência ou intimidação por parte do Ecad. Embora reconheçamos que o Escritório possui um papel importante na eventual cobrança de direitos de entidades comerciais, nosso acordo não permite que ele busque coletar pagamentos de usuários do YouTube”, declarou o diretor de políticas públicas e relações governamentais do Google Brasil, Marcel Leonardi.

Fonte: Priscila Fonseca / Comunique-se

Anúncios