Getting Older – Sabendo Envelhecer

12/03/2010 1 Por Fernando de Oliveira

O corpo era jovem para a sua idade, a mente pouco desenvolvida, apesar da formação universitária. O mundo? Bem, o mundo era rasteiro, como rasteiras são a maioria das explicações para os atos humanos.

Vivia sem consequências, fazendo o que queria, sentindo prazer com quem queria. Se produzia e fazia questão de ser admirada. Fazia tudo e bem na cama, e se gabava disso.

Um dia pirou. Perdeu a noção. Malhou, colocou litros de botox, se entregou a um menor, brigou, gritou e dançou feito uma frenética – o grupo.

Mudou, trocou de carro, de telefone, de amantes, mas acabou perdendo a chance de envelhecer com dignidade. Hoje é só um lábio inchado e uma testa sem expressão.