Abbey Road não vai ser demolido

23/02/2010 0 Por Fernando de Oliveira

Nas últimas semanas circularam boatos sobre a venda dos estúdios de Abbey Road, os mais famosos do mundo e que são responsáveis por obras primas gravadas por Beatles, Pink Floyd e vários outros pesos pesados da música.

O medo de que os estúdios fossem destruídos e que surgisse um prédio de aparamentos em seu lugar fez surgir até um abaixo-assinado para salvar o prédio. Mas, pelo jeito, os boatos são apenas boatos. A EMI divulgou uma nota oficial tranquilizando todos os que amam a música.

A EMI comemora a divulgada aceleração nos planos da English Heritage em relação ao estúdio a Abbey Road, por julgar ser essa a maneira apropriada de proteger o mais famoso estúdio de gravação da nossa história, que carrega nossa herança musical. Em resposta à recente especulação da imprensa, a EMI confirma que está promovendo discussões preliminares com terceiros, para a revitalização da Abbey Road.

Quando a Terra Firma adquiriu a EMI, em 2007, fez da preservação de Abbey Road uma prioridade. Ao longo dos anos, o estúdio vem perdendo dinheiro, fato que nos fez a desenvolver planos para revitalizá-lo, que envolvem injeção substancial de capital.

Desde novembro de 2009, a EMI vem conduzindo discussões com vários parceiros em potencial, capazes de financiar e manter esta casa única em atividade. Em todas as ocasiões, os planos mantêm foco em fornecer acesso a artistas e, quando possível, ao público. Na metade do ano passado, recebemos uma oferta para vender a Abbey Road por mais de 30 milhões de libras, mas ela foi rejeitada, já que acreditamos que o estúdio deve ficar sob a gerência da EMI.